domingo, 29 de setembro de 2013

Claudio Cavalcanti morre aos 73 anos no Rio de Janeiro



Claudio Cavalcanti, de 73 anos, morreu às 18h deste domingo (29) no Rio de Janeiro. O ator, cujo último trabalho na TV é a segunda temporada de "Sessão de Terapia", com estreia no dia 07/10, estava internado na UTI do Hospital Pró-Cardíaco desde a última semana. 

Na última terça, 24, Claudio passou por um cirurgia por conta da falência de uma vértebra. Ele estava sedado desde então e aguardando a estabilização do quadro. Segundo seu cardiologista e genro, Carlos Eduardo Menna Barreto, o ator sofreu um choque cardiogênico, que evoluiu para uma insuficiência renal e falência múltipla dos órgãos, ocasionando o falecimento. 

No hospital, a família contou com o apoio de amigos como o ator Paulo Gracindo Jr, que vinha acompanhando a evolução do quadro de Claudio ao longo da semana. Ainda não há informações sobre o funeral de Claudio. 

Ator também se dividia entre a escrita e a política

Além da atuação, Claudio se dividia entre a carreira de escritor e a política. Ele tem cinco livros publicados e já foi vereador e deputado estadual, quando criou e teve aprovadas 29 leis pioneiras em relação à defesa dos animais. Claudio estava, inclusive, à frente da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais da Cidade do Rio.

Na série dirigida por Selton Mello, Claudio interpreta Otávio, um empresário com Síndrome do Pânico. Em recente entrevista ao site do GNT, o ator afirmou que interpretar Otávio é um sonho realizado. "Recebo convites, mas nem sempre tenho tempo. Mas esse papel é o sonho de qualquer ator!", orgulhou-se ele.

"Eu merecia esse papel. Não posso trair a minha história", vibrou ele, que interpretou protagonistas icônicos como Jerônimo, da novela "Irmãos Coragem", e Padre Albano, em "Roque Santeiro". "Se eu dissesse 'não' eu seria louco. E burro!", afirma.

O convite partiu de Selton Mello. "É um ator que eu admiro há muito tempo. Eu que pedi. É uma figura icônica. E ele é um senhor, mas com uma vitalidade de iniciante. Tem uma presença cênica forte e trabalha com tesão de iniciante", disse Selton na época das gravações.

GNT lança segunda temporada de “Copa Hotel”


Desde o início do ano, o canal por assinatura GNT tem investido maciçamente na exibição de seriados nacionais, explorando um filão antes só encontrado na TV aberta.
A medida foi impulsionada pelo sucesso de “Sessão de Terapia” (cuja segunda temporada estreia em outubro) no ano passado e já gerou frutos como “3 Teresas”, “As Canalhas” e“Copa Hotel”.
Esta última, estrelada pelos atores Miguel Thiré, Maria Ribeiro e Fernanda Nobre, foi bem-sucedida e terá sua segunda temporada lançada na próxima segunda-feira, (30). A série conta a história de Frederico, personagem de Thiré, que herdou do pai um hotel decadente em Copacabana e agora luta para reerguê-lo enquanto vê seu coração se dividir entre Maria e Antonia.
Nesta segunda temporada, de acordo com o NTV, “Copa Hotel” receberá quatro novos personagens: Francisco Ribeiro (Bruce Gomlevsky), um malandro carioca, Clarice Mello Cunha (Juliana Martins), esposa de David (Felipe Rocha), e Luiza (Branca Messina), uma arquiteta que balançará o coração de Frederico.

Gisele Joras prepara nova sinopse para a Record


Autora de sucessos como “Amor e Intrigas” (2007) e “Bela, a Feia” (2009), Gisele Joras teve em “Balacobaco” (2012) sua menos bem-sucedida empreitada na TV.
Apesar da experiência negativa, Joras segue prestigiada pela Record e, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, já prepara uma nova sinopse para a emissora. Gisele, que mora em Londres, deve ter sua próxima novela encaixada na ‘fila’ de autores da Casa e, possivelmente, voltará ao ar em 2015.
Em seus três trabalhos anteriores, a autora se notabilizou por apostar numa mescla de ação e humor. Joras foi revelada pela própria Record através de um concurso de roteiristas realizado pela emissora.

Globo monta equipe da próxima novela de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira


A Globo já começou a montar a equipe da próxima novela da dupla de autores Filipe Miguez eIzabel de Oliveira, responsável pelo sucesso de “Cheias de Charme” (2012). A nova trama, prevista para meados de 2014, também terá direção de núcleo de Denise Saraceni, que recentemente finalizou os trabalhos de ‘Saramandaia”.
De acordo com o jornal O Globo, Marcelo Dias foi chamado para fazer a caracterização eGogoia Sampaia para cuidar do figurino. A cenografia ficará a cargo de May Martins e a produção de arte será de Guga Feijó.
Todos os profissionais envolvidos são parceiros de Saraceni. As gravações começam no início do ano que vem as gravações da novela.
A produção será exibida na faixa das 19h, no lugar de “Além do Horizonte”, que por sua vez substituirá “Sangue Bom” a partir de novembro.

Helena Ranaldi diz que não vai apanhar em “Em Família”


Desde que foi anunciado pela imprensa que a personagem de Helena Ranaldi terá uma relação conturbada com o marido, personagem de Gabriel Braga Nunes, em “Em Família”, surgiram boatos de que a atriz gravará novas cenas de agressão, remetendo à Raquel, de “Mulheres Apaixonadas” (2003), que era constantemente agredida pelo marido Marcos (Dan Stubach).
Longe das novelas desde “Fina Estampa” (2012), Ranaldi contou ao jornal “O Globo” que Verônica, sua nova personagem na trama de Manoel Carlos, não vai apanhar do marido, apesar de aceitar quase tudo em nome da paixão. O casal, aliás, viverá uma relação aberta, o que abrirá espaço para grandes aventuras.
Helena será uma pianista na trama e vem mergulhando no universo da música clássica com o maestro João Carlos Martins, que também treina o ator Gabriel Braga Nunes.
“Em Família” estreia na Globo dia 3 de fevereiro.

Multishow extingue programa de Paulo Gustavo


Protagonista do seriado “Vai Que Cola”, maior sucesso da história recente do Multishow, o humorista Paulo Gustavo teve seu futuro profissional delineado pela direção do canal, que definiu sua grade de 2014.
De acordo com o jornalista Lauro Jardim, o “220 Volts”, humorístico comandado por Paulo, será extinto para que o ator possa se dedicar à segunda temporada do “Vai Que Cola”, cujas gravações devem se iniciar ainda este ano.
Paulo, porém, não deixará de ter um programa solo no Multishow e, para compensar a perda do “220 Volts”, ganhará o “Paulo Gustavo Viaja”, onde, de forma bem-humorada, mostrará diversos pontos turísticos do Brasil e do mundo.
Com a unificação de departamentos promovida recentemente pela Globo, o humorista pode, em breve, ganhar mais espaço na emissora, que dialogará mais com seus canais por assinatura como Multishow e GNT.

Novela da Globo mostrará doador de sêmen que sai em busca dos filhos


Desde sua criação, a faixa de ‘novelas das 23h’ da Globo tem abrigado somente remakes, mas a emissora possui planos diferentes para 2014 e deverá lançar um folhetim inédito no horário.
Com o título provisório de “Sete Vidas”, a novela será escrita por Lícia Manzo e, de acordo com o colunista Fernando Oliveira, abordará um tema polêmico, tendo seu enredo girando em torno de um homem que doou o próprio sêmen a um laboratório e, anos depois, descobre ter sido “pai” de sete crianças e decide ir atrás de cada uma.
O doador descobrirá então que o primeiro de seus sete filhos mora na Antártida e é lá, no continente de gelo, que as primeiras cenas da novela devem ser gravadas. “Sete Vidas” deve ter poucos capítulos e por isso, segundo Oliveira, a Globo ainda não decidiu se a lançará como “novela” ou “minissérie”.
O elenco ainda não foi escalado, mas nomes como Marjorie Estiano e Gisele Fróes estão cotados. Ambas trabalharam com Lícia em “A Vida da Gente” (2011), única novela da carreira da autora até então.

MGM e Medialand preparam série de programas nacionais


Nunca se viu tanta produção nacional na TV paga brasileira. Por determinação da lei de cotas, os canais por assinatura internacionais são obrigados a exibir programas produzidos no Brasil.
Isso tem proporcionado o crescimento do mercado de produções terceirizadas e as produtoras independentes tem ganhado cada vez mais espaço. Uma das que mais cresce é a Medialand, que, segundo a colunista Keila Jimenez, acaba de fechar uma parceria com o canal MGM para produção de conteúdo.
Entre as atrações que serão produzidas pela Medialand e exibidas no MGM, está a série de suspense/terror “Muito Além do Medo”. No pacote também estão a série policial “Força de Elite” e a revista eletrônica sobre celebridades, “Invasão”.
A Medialand tem sede em São Paulo e já está no mercado com programas como “Operação de Risco”  e o “Câmera em Ação”, exibido no “Domingo Espetacular”, na Record.

“Pecado Mortal” registra 9 pontos em seu segundo capítulo e supera o SBT


A Record resolveu esticar a série “CSI NY” e atrasar os horários de “Pecado Mortal” e “A Fazenda” para fugir do confronto com “Amor à Vida”. Concebida para a faixa das 22h30, a trama de Carlos Lombardi entrou no ar nesta quinta-feira (26) por volta das 23h.
E como era de se esperar, a estratégia não foi das melhores. De acordo com dados consolidados, o segundo capítulo de “Pecado Mortal” obteve média de 9 pontos com pico de 10, ante 22 da Globo, 8 do SBT e 4 da Band. Cada ponto equivale a 62 mil domicílios na Grande São Paulo. Na estreia, a produção havia conquistado 11 pontos.
A marca é superior a audiência do segundo capítulo das últimas duas antecessoras, “Dona Xepa” e “Balacobaco”, e igual à de “Máscaras”. Vale lembrar que a Record espera manter médias na casa dos dois dígitos com a trama. Abaixo, um comparativo com a audiência do segundo capítulo das últimas novelas da emissora.
Confira:
Pecado Mortal 9
Dona Xepa 7
Balacobaco 6
Máscaras 9
Vidas em Jogo 14
Ribeirão do Tempo 11
Bela, a Feia 9
Poder Paralelo 15

Record deve exibir minissérie sobre política em 2014


Autor de “A Lei e o Crime” (2009), série que a Record reprisará a partir da próxima segunda-feira (30), Marcílio Moraes, já trabalha na concepção da sinopse de uma nova série, que deverá ser exibida no primeiro semestre de 2014.
Se aprovada pela direção da Casa, a sinopse será a terceira série da carreira de Moraes e abordará o universo da atual política brasileira, com um enredo que promete mesclar ação e drama. Por ora, o projeto ainda está em fase inicial e ainda não teve seu elenco escalado, embora tenha boas chances de ‘sair do papel’.
Antes disso, Marcílio, assinará o especial de fim de ano “O Amor e a Morte”, baseado na obra do romancista alemão Thomas Mann

“Chiquititas” se mantém como a maior audiência fora da Globo


Apesar do entusiasmo da Record com “Pecado Mortal”, o SBT ainda é o detentor da novela mais assistida fora da Globo. Com médias variando entre 10 e 14 pontos desde sua estreia,“Chiquititas” segue em alta e apresenta estabilidade.
De acordo com dados consolidados da última quinta-feira, (26), a novela de Íris Abravanelmarcou 12 pontos de média, contra 8 da Record, garantindo a vice-liderança isolada e o posto de atração mais assistida fora da Globo, superando telejornais, realities e programas de variedades do próprio SBT e da concorrência.
Na mesma quinta, “Pecado Mortal” marcou 9 pontos. Embora seja exibida em horário completamente distinto, a novela da Record é infinitamente mais cara do que o remake do SBT, que, não obstante, vem repetindo os bons números de “Carrossel” e garantindo ao SBT a vice-liderança na faixa das 20h30, ‘campeã’ de audiência da emissora desde maio do ano passado.

“Latitudes” ultrapassa 1 milhão de visualizações no Youtube


A primeira produção brasileira criada para ser exibida em 3 plataformas diferentes, televisão, cinema e internet, “Latitudes” tem se mostrado um sucesso, especialmente na web.
Segundo a colunista Cristina Padiglione, a série protagonizada por Daniel Oliveira e Alice Braga já foi vista mais de 1 milhão de vezes no Youtube.
O título tem 11 minutos por episódio em sua versão para a internet, publicada sempre às quartas-feiras, 22h. Na TV a atração é exibida pelo TNT, às segundas, também às 22 horas, com duração maior, de 30 minutos
São 13 episódios e em cada um é visto num mix de ensaio e dramaturgia. A trama gira em torno de Olivia (Braga) e José (Oliveira), uma editora de moda e um fotógrafo que vivem um relacionamento de idas e vindas, se encontrando em diversos locais ao redor do mundo.
No final, tudo isso será lançado como longa-metragem, nos cinemas.

Após demissão conturbada, Joana Fomm volta à Globo


Dispensada pela Globo em junho após anos de contrato, a atriz Joana Fomm, 72, foi surpreendida com um novo convite para voltar a atuar. A emissora carioca voltou atrás e resolveu fechar um novo contrato com a veterana, que não atua desde a série “As Cariocas”(2010).
De acordo com o jornal “O Globo”, Joana foi chamada para o elenco de “Os Experientes”, que, por ironia do destino, contará a história de artistas idosos que não recebem mais convites para voltar a atuar.
A atriz, aliás, recentemente fez um desabafo em seu Facebook, afirmando estar em depressão e que ainda espera convite para voltar a atuar. O nome dela na série surpreendeu a todos, já que a Globo estava escalando apenas atores com mais de 75 anos.
Em parceria com a O2, “Os Experientes” deve contar ainda com Juca de Oliveira e Ney Latorraca no elenco. A direção será de Fernando Meirelles, com supervisão de Guel Arraes. A série deve ir ao ar em 2014.

“Os Experientes” começa a ser gravada em outubro


A movimentação para o início dos trabalhos na série “Os Experientes” já começou na produtora O2 Filmes, que fica na Vila Leopoldina, em São Paulo.
Segundo a colunista Cristina Padiglione, a série, programada para ser exibida na Globo em 2014, está em fase de pré-produção sob a direção de Fernando Meirelles em parceriacom seu filho Quico Meirelles, e Gisele Barroco.
As gravações devem ser iniciadas na segunda quinzena de outubro. A direção de arte estará sob os cuidados de Clô Azevedo e Marcos Carvalheiro. A fotografia será de Adrian Teijido, Cesar Charlone e Ricardo Della Rosa.
A comédia retratará o drama de atores da terceira idade que só atuam em papeis de avós. Ney Latorraca e Tarcísio Meira são cotados para a produção. Cada episódio será protagonizado por um ator diferente. A ideia é convidar artistas com mais de 75 anos de idade.
Meirelles já dirigiu episódios das séries “Som e Fúria”, “Cidade dos Homens” e “A Comédia da Vida Privada” para a Globo. No próximo dia 04 de outubro, a O2 estreia na emissora a série, “A Mulher do Prefeito”.

Gina viverá romance com o próprio pai


O romance entre Gina (Carolina Kasting) e Herbert (José Wilker) promete dar o que falar em “Amor à Vida”. O novo diretor do Hospital San Magno apareceu pela primeira vez na trama nesta quinta-feira, (26), e nos próximos capítulos irá se envolver com a moça que pode ser sua filha.
“Minha torcida é para que o público, agora com o desenvolvimento da história da Gina, possa curtir essa personagem, que é uma das mais desafiadoras para mim. Herbert ser ou não ser seu pai é mais uma trama primorosa do Walcyr Carrasco. Torço para que ela seja feliz”, disse Carolina Kasting ao site da Globo.
A ligação entre Gina e Herbert será revelada quando ele e Ordália (Eliane Giardini) tiverem uma conversa franca. “Pela primeira vez na vida, eu estou pensando em me casar”, diz o médico.“Não diga. Juro que eu fiquei surpresa. Por acaso é com aquela garota mais nova que o senhor me falou?”, pergunta a enfermeira.
“É sim, Ordália! Aconteceu. Eu sempre fugi do casamento”, revela, sem se surpreender com a reação da colega. “Eu sei disso muito bem”, alfineta Ordália. “Eu sei que você sabe. Sinto muito”, diz Herbert, num tom de tristeza. “Ela não é uma garota comum. Ela é diferente. Contida”, acrescenta.
“Nossa, o senhor está mesmo apaixonado. Sabe que me dá até uma pontinha de inveja? Inveja por não ter conseguido despertar esse sentimento no senhor. Mas eu estou falando do passado, é claro. Eu te desejo boa sorte com essa garota. Mas me faz apenas um favor: se essa moça é assim, mais retraída, como eu já fui um dia, não decepciona ela. Dói demais”,aconselha a enfermeira.

Félix conquista a presidência do San Magno


César (Antonio Fagundes) vai ser obrigado pela justiça a dividir suas ações do Hospital San Magno com a ex-mulher Pilar (Suzana Vieira). Com a decisão, o médico também perde o posto de presidente da instituição e quem assumo o cargo é o vilão Félix (Mateus Solano).
Segundo o jornal “Extra”, para conseguir assumir a presidência, Félix começa a arquitetar uma forma de ter o apoio dos acionistas. Ele então tem como alvo Pérsio (Mouhamed Harfouch), palestino e de família ortodoxa, que está apaixonado por Rebeca (Paula Braun), que é judia. O médico tem medo da reação da família dela ao descobrir o envolvimento dos dois, e acaba sendo um alvo fácil para o primo.
“Ou a sua mãe vota em mim para presidente na reunião que vai haver daqui a pouco no hospital ou eu procuro a família da Rebeca, principalmente o avô que foi rabino, e conto quem você é”, ameaça.
Com a vitória na votação, Félix assume a presidência e se torna chefe do pai, César. O médico não aceita ser subordinado ao vilão. “Me recuso a ficar sob as ordens do Félix. A bancar o cordeirinho”, diz o médico, que mais exaltado, dispara: “cala a boca, sua bicha!”.
Pilar repreende o ex diretor que continua: “eu lamento ter dito o que disse. Lamento também não ter dado as surras que o Félix mereceu quando criança”, afirma César, que decide continuar trabalhando apenas como médico, e indica Paloma (Paolla Oliveira) para ser vice-presidente, uma sugestão aceita pelo conselho.

Globo leva “Avenida Brasil” e “Gabriela” para Cannes


Globo vai marcar presença na MipCom 2013 com os seus melhores produtos. A emissora escolheu a novela de maior êxito nos últimos anos e um grande clássico da dramaturgia para representar o canal na feira em Cannes, na França.
O sucesso “Avenida Brasil” e o remake da história de Jorge Amado, “Gabriela”, serão os destaques da Globo no evento.
O congresso, que reúne emissoras e produtoras de todo o mundo, acontece na próxima semana. A Globo ainda terá em seu portifólio a novela “Marido en Alquiler”, versão hispânica de “Fina Estampa”, produzida em parceria com a Telemundo.

“Amor à Vida”: Aline tenta seduzir Bruno


Depois que César (Antonio Fagundes) é obrigado a dividir metade de suas ações com Pilar (Suzana Vieira) e perde a presidência do Hospital San Magno, Aline (Vanessa Giácomo) vai perder o interesse pelo médico em “Amor à Vida”.
A moça então começará a dar em cima de Bruno (Malvino Salvador). Para se aproximar do rapaz ela leva o filho para uma consulta com Paloma (Paolla Oliveira), se fazendo de santa. Bruno, que também foi ao San Magno se aconselhar com Glauce (Leona Cavalli), para saber se deve ou não deixar Paulinha (Klara Castanho) manter contato com Ninho (Juliano Cazarré), acaba esbarrando com Aline no corredor do hospital.
Aline diz que ia procurá-lo para pedir conselhos sobre investimentos e finge torcer o pé. Bruno pergunta o que foi e ela diz que foi o salto alto, mas que só pisou em falso e pede que a leve com o bebê ao estacionamento. Ele a segue, empurra o carrinho e ajeita o bebê no carro.
Malandra, ela diz que ele tem muito jeito com bebê. E o chama para ir ao seu apê tomar um café e falar sobre a compra de imóveis. Quando ele tenta sair dessa, ela insiste: “Você não vai jogar fora uma cliente como eu, vai?”.
O corretor segue com Aline e, depois de um café, ela comenta que adora César, mas que ele já tem alguma idade e que seu filho acabou de nascer, por isso, precisa de alguma coisa para garantir o futuro do menino, então pensou em comprar alguns apartamentos na planta. O corretor promete fazer uma pesquisa e escolher alguns imóveis para ela investir. Aline vai levá-lo até a porta e, quando Bruno vai sair, ela tropeça no salto e cai nos braços dele. Os dois ficam parados, ela bem encostada nele. Os dois se encaram e rola um clima.

“Amor à Vida”: Ignácio assume filha de Valdirene


Ignácio (Carlos Machado) se arrepende de ter deixado de se casar com Valdirene (Tatá Werneck) e tenta uma aproximação com a piriguete em “Amor à Vida”.
Depois que Valdirene deu à luz uma menina, o milionário visitou a moça no hospital e despertou novamente o amor que sente pela suburbana. Carlos Machado comemora o retorno de seu personagem à trama.
“Com certeza, o Ignácio, nesses nove meses que ficou afastado da Valdirene, não conseguiu tirar ela da cabeça. Ele ficou tentando digerir essa ideia de que ela teve uma filha com o Palhaço e enfiou na cabeça que ela pode sim ser a mulher da vida dele. Aí vai começar tudo de novo!”, revela o ator ao site oficial da novela.
Quem já se divertia com a história dos dois vai gostar ainda mais do que está por vir. “Vai todo mundo morar na casa da Eudóxia (Ângela Rabelo): o Ignácio, a Valdirene, a Márcia (Elizabeth Savalla). Vai ser muito engraçado. Vai ser um verdadeiro circo!”, conta

Terceiro capítulo de “Pecado Mortal” registra baixa audiência, mas mantém vice-liderança


“Pecado Mortal” segue sendo vítima da estratégia da Globo de atrasar os capítulos de “Amor à Vida”. Nesta sexta-feira, 27, a trama de Carlos Lombardi voltou a perder audiência.
No ar das 22h30 às 23h30, o terceiro capítulo do folhetim protagonizado por Simone Spoladore e Fernando Pavão obteve média de 7 pontos, ante 23 da Globo e 6 do SBT. No confronto com o “Programa do Ratinho”, a Record acabou empatando com a concorrente em 7 x 7. Os dados são prévios e podem sofrer alterações no consolidado. Cada ponto equivale a 62 mil domicílios na Grande São Paulo.
“Pecado Mortal” estreou na quarta-feira (25) com 11 pontos, e foi a 9 na quinta (26). Uma queda de 36% do primeiro para o terceiro capítulo.

Globo pede ‘liberação’ de Marina Ruy Barbosa, mas autor nega


A alta cúpula da Globo chegou a promover reuniões com o autor Walcyr Carrasco na tentativa de convencê-lo a ‘libertar’ a atriz Marina Ruy Barbosa, a Nicole de “Amor à Vida”.
Desde que se recusou a cortar os cabelos, Marina viu sua personagem – que, originalmente, venceria o câncer e teria um final feliz – morrer e permanecer na trama fazendo aparições em forma de espírito.
Interessada em poupar a imagem da moça e liberá-la para ser escalada em alguma futura produção da Casa, a Globo teria solicitado o fim do calvário de Marina na novela, mas, de acordo com o colunista Flávio Ricco, a permanência da atriz no folhetim foi um pedido pessoal de Carrasco.
Nem mesmo o ingresso de Natasha, personagem de Sophia Abrahão, mudará os rumos de Nicole, que deve permanecer na trama até o fim, assombrando Thales e Leila.

Elenco de “Em Família” ganha novos nomes


Prevista para estrear em janeiro do ano que vem, “Em Família”, próxima – e provavelmente última – novela de Manoel Carlos, já está tendo seu elenco definido e deve começar a ser gravada em breve.
A produção, repleta de atores que já atuaram em novelas anteriores de Maneco, ganhou o reforço de dois veteranos da TV, mas ‘estreantes’ em obras do autor.
Longe das novelas desde “A Vida da Gente” (2011), Leonardo Medeiros teve seu nome confirmado no elenco do folhetim e, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, ganhou também a companhia de Oscar Magrini, outro recém-confirmado, que volta à TV após encarnar o coronel Geraldo Nunes de “Salve Jorge”.
Os papéis de Magrini e Medeiros em “Em Família” ainda não foram divulgados. Os atores se juntam a nomes como Helena Ranaldi, Gabriel Braga Nunes, Júlia Lemmertz, Bruna Marquezine, entre outros.

“Joia Rara”, figurino de Letícia Spiller precisa ser ‘incrementado’


Gravada e produzida com cuidados dignos de uma superprodução, “Joia Rara” é atualmente a mais ‘trabalhosa’ novela da Globo e tem exigido diversos cuidados e precauções a sua equipe.
De acordo com a colunista Patrícia Kogut, a direção da novela tem trabalhado arduamente nos figurinos de Letícia Spiller, que encarna a vedete Lola. Devido ao horário em que a trama vai ao ar, os trajes não podem deixar nada à mostra, mas também não devem ficar pudicos ao extremo para não descaracterizar a personagem
Por conta disso, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, a equipe de figurinistas da novela tem mesclado ousadia e precaução. Numa das cenas, Letícia deveria usar apenas uma peça rendada, mas acabou utilizando também calcinha e sutiã numa medida que visa não desagradar a classificação indicativa imposta pelo Ministério Público.
Em suas primeiras semanas no ar, “Joia Rara” ainda amarga baixa audiência, mas tem se recuperado nos últimos dias.