quinta-feira, 14 de julho de 2011

Viva reestréia Minha Nada Mole Vida





Maria Clara Gueiros, David Lucas e Luiz Fernando Guimarães em "Minha Nada Mole Vida"
Divulgação/Rede Globo


Outro sucesso que volta a programação é a série "Minha Nada Mole Vida", de Fernanda Young e Alexandre Machado e protagonizada por Luiz Fernando Guimarães. A série foi exibida em 2006 e 2007, com 3 temporadas e um total de 23 episódios; é uma sátira às colunas sociais eletrônicas. Jorge Horácio (Luiz Fernando Guimarães) é um repórter que cobre festas para o seu programa de celebridades, Jorge Horário by night. Na história, o apresentador vive em conflito com a sua ex-mulher, Silvana (Maria Clara Gueiros), uma perua que se recusa a trabalhar e vive às custas do ex-marido. Após a separação, Jorge Horácio vai morar num flat, em uma situação provisória que acaba se prolongando por dois anos. No primeiro programa, Vida de artista não é mole, não!, o ex-casal se enfrenta no tribunal, e o juiz decide que o pai precisa ver com mais freqüência o filho, Hélio (David Lucas), um garoto de dez anos. Os finais de semana, então, tornam-se uma aventura na vida dos dois. Porém o convívio com o menino acaba mudando a vida do apresentador.

"Minha Nada Mole Vida" começa a ser exibida ainda em este mês, a partir do dia 20 de julho, às 20h30, sempre ás quartas-feira.

Antônia desiste de fugir com Cícero

Antônia diz para Cícero que não vai fugir com ele (Foto: Cordel Encantado/Tv Globo) 
Antônia diz para Cícero que não vai fugir com ele (Foto: Cordel Encantado/Tv Globo)
Antônia (Luiza Valdetaro) está em seu quarto com Batoré (Osmar Prado) que, encantado, observa enquanto a jovem escreve seu nome pela primeira vez no caderno. Ela termina de escrever e fica emocionada.

Chorando, Antônia diz: “Tô tão feliz, Altino! (...)É como se, até hoje, eu tivesse vivido de olhos fechados! 

No escuro! Porque a ignorância é uma escuridão! E, de repente, eu consigo abrir os olhos pra ver o mundo! O mundo que tá nas palavras! Dos livros, jornais, tudo! Obrigada, Altino!”

Batoré também fica muito emocionado e declara: “O dia mais feliz de minha vida vai ser amanhã, Antônia... quando a gente se casar.”

Antônia consegue escrever seu nome e agradece a Batoré (Foto: Cordel Encantado/Tv Globo) 
Antônia consegue escrever seu nome e agradece a Batoré (Foto: Cordel Encantado/Tv Globo)
O delegado dá boa noite e sai do quarto. De repente, Cícero (Miguel Rômulo) surge de trás da cortina e diz que está tudo pronto para a fuga dos dois. Antônia pede perdão e diz que não vai mais fugir com ele.

Cícero fica muito surpreso com a decisão da jovem, mas ela insiste: “Ele me ensinou a escrever meu nome! 

Como posso magoar esse homem que me deu o momento mais feliz de minha vida?” Cícero fica arrasado.
Será que Antônia vai seguir em frente e realmente se casar com Batoré? Não deixe de assistir! Esta cena vai ao ar na segunda-feira, 18 de julho.

Léo expulsa garoto de programa do quarto de Norma e se declara à viúva

Norma paga garoto de programa (Foto: Insensato Coração / Tv Globo) 
Norma paga garoto de programa, mas não faz nada com ele (Foto: Insensato Coração / Tv Globo)
 
Norma (Gloria Pires) continua aproveitando cada segundo de sua vingança contra Léo (Gabriel Braga Nunes). Da primeira vez que a viúva contratou um garoto de programa, conseguiu enganar Léo direitinho. Dessa vez, no entanto, o vilão não fica calado.

Léo segue os passos do jovem até o quarto de Norma e grita com o garoto de programa, expulsando-o, na frente da viúva: "Panaca! Mané! Vou te mostrar quem é o dono dessa cama!".

Léo parte para cima do garoto de programa e Ismael avança no vilão (Foto: Insensato Coração / Tv Globo) 
Léo parte para cima do garoto de programa e Ismael avança no vilão (Foto: Insensato Coração / Tv Globo)
 
Norma chama Ismael (Juliano Cazarré), que segura Léo. Mas, para variar, Norma defende o vilão e pede que Ismael não bata nele. Ele percebe a deixa da viúva e se declara. Quando os dois ficam sozinhos no quarto, Léo se derrete ainda mais, deixando Norma confusa:

"Você conseguiu, Norma, você venceu, eu estou me entregando, eu não posso mais passar sem você!"
Não perca as cenas nesta sexta-feira, 15/07.

SESSÃO ABERTURA: O Astro (2011)

VALE A PENA LER DENOVO


O Astro foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo entre 6 de dezembro de 1977 e 8 de julho de 1978, às 20 horas em 185 capítulos. Foi escrita por Janete Clair e dirigida por Daniel Filho e Gonzaga Blota. Daniel Filho acumulou a direção geral.

A novela foi reapresentada num compacto especial de 20 capítulos entre fevereiro e abril de 1981, às 22h15.
E num compacto de uma hora e meia em 11/02/1980, como atração do Festival 15 Anos (apresentação de Tony Ramos).

Amanda e Herculano Lili e Márcio

Sinopse
A novela começa em 1962, ano da conquista do bicampeonato mundial de futebol pelo Brasil, quando, na cidade de Guariba, Herculano Quintanilha é traído pelo companheiro de trapaças, Neco da Silva, que foge com o dinheiro angariado para a reforma da igreja do lugarejo com a conversa dos "arquitetos". Herculano é humilhado em praça pública e foge para o Rio de Janeiro, deixando a mulher, Doralice, e o filho pequeno Alan, prometendo vir buscá-los um dia. A história, então, começa a se passar no ano de 1974, doze anos depois, quando Herculano trabalha numa churrascaria, fazendo apresentações na pele de um tarólogo, astrólogo, cartomante, quiromante e assemelhados. Numa de suas apresentações, reconhece entre os clientes o amigo traidor, Neco, de quem novamente se aproxima, porém cheio de mágoa e à espera de uma oportunidade para se vingar.

Paralelamente(a princípio), corre a história da milionária família Hayalla, capitaneada pelo patriarca Salomão, que é casado com a fútil Clô e pai de Márcio, um jovem que se diz enviado de São Francisco de Assis e rejeita a riqueza da família. Salomão sempre planejou que o filho tomasse conta de tudo um dia, mas o rapaz não se mostra nem um pouco propenso. Márcio resolve sair de casa, depois de ser internado num hospício, fugir e se desentender mais uma vez com o pai. Nessa fuga, conhece Herculano, que se aproxima aos poucos dos Hayalla, graças a uma de suas clientes, Beatriz, secretária da diretoria do grupo. É também através de Beatriz que, na churrascaria, Herculano conhece Amanda Mello Assumpção, diretora da construtora que leva o seu nome de família e ex-mulher de Samir Hayalla, um dos tios paternos de Márcio.

Márcio passa a morar com Herculano e conhece Lili, cunhada de Neco, moça humilde que não pensa em depender de homem nenhum para tocar a vida, trabalhando na barbearia do cunhado e até como taxista. Contrariando os desejos de sua família, que quer vê-lo casado com Jose, irmã de Amanda, Márcio se apaixona pela suburbana Lili, com quem se envolve. Para complicar ainda mais, Lili se divide entre Márcio, a quem ama de verdade, e o bondoso açougueiro Natal, apaixonado pela moça. Herculano e Amanda também se envolvem amorosamente.

No capítulo 42, dá-se a notícia:Salomão Hayalla está morto, seu carro fora encontrado em destroços no Alto da Boa Vista. Depois, descobre-se que, na verdade, ele havia morrido antes, misteriosamente assassinado, e o criminoso planejou tudo para que parecesse um acidente. Márcio então cumpre os desejos do pai, com remorso:assume a direção das empresas, tendo Herculano como braço direito, e se casa com Jose, com Lili sendo afastada dele por uma trama de Clô, a qual acaba fazendo a moça passar algum tempo na cadeia. Enquanto Herculano galga cada vez mais rápido postos na hierarquia das empresas dos Hayalla, corre a investigação em torno da morte do patriarca. Márcio segue apaixonado por Lili, dividida entre ficar com ele ou casar com Natal. Jose é infeliz no casamento, e o filho de Herculano, Alan, vai morar com o pai no Rio de Janeiro.

Herculano, valendo-se de sua alta posição nas empresas, trai a confiança de Márcio e ganha muito dinheiro em transações escusas. O crime do passado em Guariba e os expedientes atuais são descobertos por Samir(empenhado graças ao despeito por Amanda tê-lo trocado pelo "professor"), e Herculano foge. Jose morre e Márcio pode, enfim, viver ao lado da amada e do filho, Chiquinho. É descoberto o assassino do milionário:Felipe Cerqueira, jovem com problemas com entorpecentes, amante de Clô, o qual agira com a cumplicidade do amigo cabeleireiro Henri. Amanda vai ao encontro de Herculano, num país da América Central onde ele exerce função de confiança junto ao velho presidente. À chegada da mulher, Herculano fica muito feliz, mas, a um chamado do presidente, sai, dizendo não demorar. Sozinha, Amanda compreende que o poder é o que de fato importa ao homem a quem ama, voltando ao Brasil e preferindo para sempre perdê-lo.




Janete Clair com Francisco Cuoco, Dina Sfat e Tony Ramos

Elenco
Francisco Cuoco - Herculano Quintanilha
Dina Sfat - Amanda Mello Assumpção
Tony Ramos - Márcio Hayalla
Elizabeth Savalla - Lili (Lilian Paranhos)
Tereza Rachel - Clô (Clotilde Hayalla)
Rubens de Falco - Samir Hayalla
Dionísio Azevedo - Salomão Hayalla
Edwin Luisi - Felipe Cerqueira
Carlos Eduardo Dolabella - Natal (Natalício Valença)
Eloísa Mafalda - Çãozinha (Consolação Paranhos)
Flávio Migliaccio - Neco (Nestor da Silva)
Ângela Leal - Laurinha (Laura Paranhos da Silva)
Stepan Nercessian - Alan Quintanilha
Ida Gomes - Tia Magda
Heloísa Helena - Beatriz
Sílvia Salgado - Joselina Mello Assumpção Hayalla
Hélio Ary - Mello Assumpção (Agenor Mello Assumpção)
Macedo Neto - Amin Hayala
Marilena Cury - Nadja Hayalla
Isaac Bardavid - Youssef Hayalla
Leda Borba - Jamile Hayalla
Telma Elita - Myrian Lambert Mello Assumpção
Ênio Santos - Dr. Pirilo Cerqueira
Marília Barbosa - Mara Célia
Cleyde Blota – Doralice
Paulo Gonçalves - Malvino Paranhos
Paulo Ascenção - Paulinho
Rejane Marques - Luísa Paranhos
Tony Ferreira - Gilberto
José Luiz Rodi - Henri
Edson Silva - Almeidinha
Maria Sílvia - Tânia
Juan Daniel - Seu Dondinho
Maria Helena Velasco - Valéria
Mira Palheta - Sílvia
Luiz Macedo - Zeca
César Augusto - Joaquim
Cecília Loyola - Nilza
Betinho - Niltinho
Aguinaldo Rocha - Dr. Jandir
Carlos Poyart - Nequinho
Eduardo D'Angelo - Chiquinho(bebê de Márcio e Lili)
Davi Ribeiro da Silva - Valério(bebê de Laurinha e Neco)
Vívian Renata Lemos Scofano - Chiquinho/segunda fase (bebê de Marcio e Lili)
Michele Bulos - Michele
Newton Martins - Delegado
Zé Preá - Mordomo dos Hayalla
Nestor de Montemar - Padre Laurindo
Luís Carlos Niño - Alan menino
Gonzaga Blota - Advogado de Márcio
José Maria Monteiro - Advogado de Felipe
Afonso Stuart - Presidente do país latino
Kleber Drable




assassinato de Salomão Hayala na capa da revista Amiga
 

terça-feira, 12 de julho de 2011

Malvino Salvador "rasga" Carol Dieckmann em novela

http://i2.r7.com/Carolina TL.jpg 
Reprodução/Twitter
Atriz ficou mais loira para viver Teodora, a periguete de Fina Estampa (Globo). 
A foto foi postada no Twitter pelo cabeleireiro das famosas Marco Antonio de Biaggi

Carolina Dieckmann terá sua roupa rasgada em sua primeira entrada em Fina Estampa, próxima novela das nove da Globo. 

No Twitter, o autor da trama, Aguinaldo Silva, descreveu a cena, que será protagonizada pela loira e por Malvino Salvador.

- Acabei de escrever a entrada de Carolina Dieckmann em Fina Estampa. Já na primeira cena Malvino Salvador rasga ela todinha. Maior barraco!

No microblog, Aguinaldo disse, ainda, que não decidiu quem será o ator que vai interpretar o marido de Teodora, a "periguete" do folhetim.

- São dois os candidatos a marido de Carolina Dieckmann. Acho que vou divulgar os nomes aqui e peço a vocês, que me seguem,  para decidir.

Fina Estampa estreia no dia 22 de agosto e vai substituir Insensato Coração (Globo).

Fina Estampa: Milena Toscano e Adriana Birolli são amigas na trama

O trio de beldades Milena Toscano, Josie Pessoa e Adriana Birolli estará sempre junto em Fina Estampa, próxima novela das nove da Rede Globo. Isso porque suas personagens, Vanessa, Ellen e Patrícia, serão amigas inseparáveis e estarão sempre reunidas na faculdade Pessoa de Moraes.

Fina Estampa (Foto: TV Globo/João Miguel Júnior)

Elas prometem prometem chamar a atenção, entre outras coisas, por seus belos rostos, roupas, brincos, óculos, corpos, sapatos... tudo obra dos figurinistas Beth Filipecki e Renaldo Machado, que se inspiraram nas it-girls e nos fashionistas.

Ator colombiano será galã em "Aquele Beijo"



http://blogs.diariodepernambuco.com.br/joaoalberto/wp-content/uploads/2011/05/manolo.jpg

"Aquele Beijo" é o nome da próxima novela das sete da Globo, que estreia depois de "Morde & Assopra".

A trama escrita por Miguel Falabella terá um galã colombiano no elenco. Trata-se do ator Manolo Cardona. O rapaz será ninguém menos do que o marido de Grazi Massafera.

O Astro: A vulnerável Clô vende suas joias para ajudar o jovem amante

hayalla (Foto: divulgação) 
 
Em O Astro, que estreia no próximo dia 12, Regina Duarte vive Clô (Regina Duarte), uma mulher que, fragilizada pela relação desgastada com o marido Salomão Hayalla (Daniel Filho) e com a internação do filho do casal, Márcio (Thiago Fragoso), em uma clínica psiquiátrica, se apaixona pelo belo Felipe Cerqueira (Henri Castelli). Mas o que ela não sabe é que o jovem está de olho apenas nos milhões de sua família.

Para se dar bem, o mau-caráter seduz Clô, que se entrega à paixão cegamente. Até as suas joias, a rica e vulnerável mulher vai tentar vender para dar dinheiro para o seu amado. Ao lado do cúmplice Henri (João Baldasserine), o malandro vai aprontar muito com toda a família Hayalla.

Fina Estampa: Nova novela das nove terá casal alto astral Álvaro e Zambeze

Fina Estampa (Foto: TV Globo/Renato Rocha Miranda) 

Na foto ao lado, Wolf Maya e Totia Meirelles estão caracterizados como o casal Álvaro e Zambeze, da próxima novela das nove da Rede Globo, Fina Estampa.

Cheios de energia, os personagens já ganharam vida nas gravações que têm acontecido na praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde Álvaro atende em seu quiosque e Zambeze faz massagens que aliviam o estresse de qualquer cliente.

O bom astral das gravações na praia se repetirá também no cenário do Recanto da Zambeze, um lugar na Zona Oeste do Rio com muito verde, onde o casal lidera uma comunidade que valoriza o convívio entre as pessoas, a ecologia, e o bem estar trazido pelos hábitos saudáveis.

SESSÃO CHAMADAS: O Astro (2011)

Em novo horário, "Rebelde" registra vice em SP e no RJ



http://im.r7.com/record/files/2C95/948E/30D9/8286/0131/01A7/F822/7002/pilar-pedro-maos-dadas-tv.jpg

Em novo horário, foi ao ar mais um capítulo da novela "Rebelde" nesta segunda (11).

No capítulo exibido Jonas ordena Pilar e Pedro a irem para sua sala. Binho dá um presente a Roberta, diz que ainda gosta dela e deixa a rebelde sem reação. Binho segura Roberta contra a parede e diz que está louca para beijá-la desde que a viu.

Segundo dados prévios da Grande São Paulo a atração marcou média 11 pontos. No mesmo horário a Globo liderou com 33 e o SBT marcou 7.

No Rio de Janeiro a trama das oito registrou 14 de média e 21% de participação contra 34 da Globo e 7 do SBT.

A novela foi ao ar das 20h30 às 21h12. Sem dar nenhum intervalo comercial.

PC reaparece e provoca crise no relacionamento de Sueli e Jurandir

No episódio de Tapas e Beijos que vai ao ar na próxima terça-feira, dia 12/07, os casais passam por uma crise. O novo trabalho de Jurandir (Érico Brás) na boate ‘La Conga’ começa a incomodar Sueli (Andrea Beltrão). A vendedora está animada para ir ao forró com o namorado, mas o garçom esquece o compromisso e afirma que terá que trabalhar. Depois da conversa, ela sai do Rei do Beirute irritada e não presta atenção ao atravessar a rua. Sua sorte é que PC (Daniel Boaventura) reaparece e a salva de um acidente. Fátima (Fernanda Torres) aproveita que o dentista se separou novamente da mulher e o convida para ir ao forró com ela, Armane (Vladimir Brichta) e Sueli.  Flavinha (Fernanda de Freitas) se anima e decide ir ao evento com as vendedoras, já que Djalma (Otavio Muller) nunca quer sair de casa.


Ao saber que PC vai acompanhar Sueli, Jurandir resolve provocar a namorada e convida uma amiga para ir com ele ao forró. A vendedora decide rebater a provocação dançando com o dentista. Os ânimos ficam exaltados e a confusão acaba em briga. Flavinha fica apavorada e pede para Djalma buscá-la. O marido da vendedora chega bêbado ao local e ela descobre que ele estava na boate ‘La Conga’ com Chalita (Flavio Migliaccio). Fátima não fica de fora da confusão. No dia seguinte, ela recebe o telefonema de uma mulher à procura da vendedora que é amante de seu marido. Será que a esposa de Armane descobriu tudo? Fique ligado em Tapas e Beijos!


http://maiscarinho.com.br/wp-content/plugins/rss-poster/cache/b149e_dg658n179ibxow7zhcjar5mhi.jpg

Praça modelo de grande audiências para as novelas da Record, o Rio de Janeiro costuma ser rótulo de cidade que ama novelas. No horário das 22h, a Record sempre atingiu números superiores a 17 pontos com seus últimos folhetins. Entretanto, "Vidas em Jogo" está encontrando dificuldades para decolar.

Com o fechamento da semana passada, os dados do RJ apontam um empate entre a novela "Rebelde" e "Vidas em Jogo". Na semana de 4 a 10 de julho, ambas tiveram 13 pontos de média. Observa-se que a trama juvenil da Record caiu em relação as outras semanas, também, de 15 para 13. 

"Vidas em Jogo", com uma espécie de relançamento, atingiu 17 pontos de média na semana em que jogaram dinheiro do céu no Centro do Rio, em uma estratégia de marketing. De lá pra cá, a novela se mantém entre 13 e 14 pontos, índice considerado razoável para os padrões da Record no Rio neste horário.

No Top 10 da Record no Rio de Janeiro, se destaca a audiência do Ídolos com 12, "O Melhor do Brasil" e "Domingo Espetacular", nas 5 posições mais altas de maiores audiências da regional da Record, com 10 pontos

Cada ponto no Rio de Janeiro equivale a 38 mil domicílios.

"Insensato Coração": Traição até o final da trama



http://noticiasdaweb.com/wp-content/uploads/2011/07/Eunice-paga-Ismael-ap%C3%B3s-um-tarde-de-sexo.jpg

Os autores gostaram de Eunice (Deborah Evelyn) traindo o marido com Ismael (Juliano Cazarré), em "Insensato Coração" (Globo), tanto que a traição ficará até o final da trama.

Eunice dará muita grana para o amante.

Globo estica "O Clone" pela quarta vez e novela vai terminar em setembro



http://s75.flogao.com.br/photos/11/05/30/26/138083027.jpg

A Rede Globo está contente com a audiência e faturamento da novela "O Clone", atualmente reprisada no 'Vale a Pena Ver de Novo'. Prova disso é que a trama já era para ter chegado ao fim, mas pela quarta vez a emissora carioca estica a telenovela de Jade e Lucas.

"O Clone" foi cotada para ficar seis meses no ar, mas agora vai ficar oito meses. Quase sendo exibida com todos os seus 250 capítulos inteiros. Os diretores da Globo trabalham com duas datas para o fim da trama: 02/09 ou 09/09, chegando a 35 semanas de exibição. Coisa nunca vista.

Outras quatro novelas também vão estrear esse ano.

"Fina Estampa" trabalha com a data 22/08; "A Vida da Gente" 26/09; "Malhação Conectados" 29/08 e "Aquele Beijo" 17/10.

Vale lembrar que a novela "Mulheres de Areia" é que deve substituir "O Clone".

Atrizes de Odete Roitman, Celina e Lucimar juntas 23 anos depois

A Retratos da Vida, que reviu "Vale tudo" como se fosse a primeira vez, faz uma homenagem ao sucesso que este clássico da TV obtém no canal Viva em sua reprise. Antes de os últimos capítulos irem ao ar, convidamos três atrizes veteranas para um brinde: Beatriz Segall e Nathália Timberg, representantes da sala de estar mais chique da trama, e Maria Gladys, a inesquecível empregada, dona das melhores tiradas do folhetim. No tim-tim, um bate-papo delicioso com as intérpretes de Odete Roitman, Tia Celina e Lucimar.



Beatriz Segall, Nathália Timberg e Maria Gladys
Beatriz Segall, Nathália Timberg e Maria Gladys Foto: Urbano Erbiste / Extra


A pergunta que o Brasil fazia era: "Quem matou Odete Roitman?". Para garantir o sigilo, todos os atores do elenco foram convocados para a gravação do capítulo em que seria revelado o assassino. "Lembro que cheguei e Nathália estava sendo maquiada. Todos eram suspeitos. Só que um contra-regra chegou e disse: ‘Dona Nathália, não foi a senhora, não precisa ser maquiada’. Imagina se tivesse sido ela? Que tinha atuado brilhantemente como a irmã boa...", lembra Beatriz.

Maria Gladys emprestou seu jeito cômico a Lucimar, dando destaque para a empregada na trama. "Lucimar não falava muito. Um dia, em cena, abri a geladeira e tinha um queijo velho dentro. Peguei e disse ‘É maionese ou sabonete?’. E aí ela começou a ter mais falas", festeja ela, que atuou até no figurino: "Uma camareira tinha uma blusa de oncinha bem justinha que gostei e achei que cairia bem na Lucimar. Usei em uma cena e a roupa acabou entrando no armário da personagem para sempre. A camareira adorou!".

A morte de Odete mexeu tanto com o povo brasileiro que o número do túmulo da personagem virou aposta no jogo do bicho. Beatriz, que na época não soube dessa febre no jogo do bicho, se surpreendeu alguns anos depois ao saber da história por um taxista. "Entrei no carro e ele disse que precisava me agradecer. Contou que deixou passar um mês do final da novela para ganhar sozinho, e jogou no bicho o número do túmulo da Odete. Falou que, com a bolada que ganhou, comprou o táxi e deu conforto para a família."

"Com a Odete a gente também aprendia lições de boas maneiras. Lembro que ela dizia que temos que servir água em coquetéis. Toda vez que vejo água num evento, lembro dela. E também ensinava que não precisa servir a água num pratinho, que pode ser direto da nossa mão", lembra Maria, divertindo Nathália e Beatriz, que logo a corrige. "A própria dona da casa pode servir direto da mão, mas, se for a empregada, ela deve servir com um pratinho", esclarece.

É inevitável. Fala-se em "Vale tudo" e logo Lídia Brondi vira assunto. "A ausência da Lídia é uma coisa que você dificilmente engole. Era uma atriz de uma sensibilidade... Nunca mais a vi. Dá saudade de vê-la", lamenta Nathália. Beatriz interrompe: "Ela é uma excelente psicóloga, é uma gracinha de pessoa e está muito feliz".

"Vale tudo" teve autoria de Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Bassères. Aguinaldo e Gilberto negam briga, mas no meio artístico comenta-se que os autores não se dão muito bem desde a novela. Maria lembra quando a rixa começou: "Encontrei Gilberto na rua e agradeci pela personagem. Sabe o que ele me disse? ‘Agradeça ao Aguinaldo, é ele quem escreve os papéis de pobre’". E Beatriz complementa: "Ele sempre dizia isso. Vai ver que é por isso que eles não se dão bem hoje".

Maria Gladys, numa cena de 'Vale tudo'
Maria Gladys, numa cena de 'Vale tudo' Foto: Divulgação

Nathália, no ar em "Insensato coração", lamenta não ter tempo para acompanhar a novela atualmente. "Acordo 5, 6h da manhã. Não sou uma dondoca. Uma vez ou outra vou lá para matar a saudade". Já Beatriz, em cartaz com a peça "Conversando com mamãe", tem um esquema em casa: "Tenho uma pessoa que grava para mim. Fiquei embasbacada com a cena na casa da Celina depois do assassinato da Odete. Foi sensacional. O capítulo é uma perfeição, que atores! Foi a melhor novela que a Globo já fez!", diz, elogiando a atuação de Nathália em seguida. Já Maria, assume que a novela virou uma festa em sua vida: "Quando começou a reprise eu não assistia. Agora, não perco um capítulo. Tenho ficado tão emocionada com a novela que volto correndo para casa na hora em que vai passar".

Fonte:Retratos da Vida/Extra

SESSÃO CHAMADAS: O Astro (2011)

Tiago Santiago pode voltar para a Record




TS

A Record demonstra desejo em ter o autor Tiago Santiago, atualmente no SBT, de volta ao seu casting de escritores. 

Com a volta de Roberto Justus à Record, a emissora teria sondado novamente Tiago para voltar para seu antigo canal, onde escreveu "Os Mutantes" e "Caminhos do Coração", com bons índices de audiência, só pra citar alguns exemplos.

Procurado, Santiago diz que cumprirá seu contrato até o fim, em 2016. Já a Record esclarece que aceita o autor de volta na condição que a multa de rescisão contratual que envolve Tiago e SBT seja descartada

Raul descobre relação de Norma com Léo


O cerco vai se fechar para Norma (Gloria Pires) na reta final de "Insensato coração". E é Raul (Antonio Fagundes) quem vai ficar mais cismado com as atitudes dela. O executivo fica desconfiado ao ver Norma e Léo (Gabriel Braga Nunes) juntos no dia do casamento de Pedro (Eriberto Leão) e Marina (Paola Oliveira) e diz ao casal que está acontecendo alguma coisa estranha na casa da técnica de enfermagem. Ele alega que não é possível Norma escutar todos os crimes de Léo e continuar mantendo ele em sua casa.

Tia Neném (Ana Lúcia Torre) descobre que Norma e Léo já se conheciam de Floripa e conta a Raul, que fica em choque e ainda mais desconfiado. Pedro e Raul conversam sobre Norma e Léo e desconfiam que eles possam ser cúmplices. Raul diz querer saber mais sobre a vida de Norma e liga para Borges (Claudio Tovar) pedindo para ele investigar a vida da viúva. Raul fica perplexo com as descobertas do amigo e conta a Marina e Pedro que Norma já foi para cadeia e que ela foi enganada por um tal de Armando. No dia seguinte, Norma vai ao escritório de Raul a pedido dele. Raul, então, manda na lata: "Quero falar com você sobre o Armando". A enfermeira fica em choque.

A Vendedora de Empadas de 'Fina Estampa'


A bela Cris Vianna volta ao horário nobre em "Fina estampa". Na nova novela de Aguinaldo Silva, que estreia dia 22 de agosto, a mulata será Dagmar, vendedora ambulante de empadas na Praia da Barra, um dos principais cenários da história.


É lá, segundo o próprio autor, que ficam o quiosque de Álvaro (Wolf Maya) e Zambeze (Totia Meirelles) e a rede de vôlei dos bofes sarados.


O Astro: Conheça as histórias e novidades



Toda mágica consiste em três atos. O primeiro é chamado ‘a promessa’: o mágico mostra um objeto ou ação comum, mas que, naturalmente, não é. O segundo ato é chamado de ‘a virada’: o mágico transforma o comum em algo extraordinário. Agora, se você está procurando o segredo, não vai descobrir, porque, na verdade, não quer! O terceiro ato é o grande truque, no qual a mágica se transforma, e a plateia se surpreende com algo realmente impressionante. É a hora do êxtase absoluto.

Alakazan! A fumaça se espalha, e a expectativa é grande. Olhos fixos nas brechas do nevoeiro. Está feito. O público estupefato se aperta nas cadeiras e cai nos encantos da ilusão. O êxtase é inevitável. Eis a mágica! É isso que eles desejam. “Todos os seres humanos querem ser enganados”, afirma Ferragus (Francisco Cuoco), um sujeito misterioso e sedutor, com quem Herculano (Rodrigo Lombardi) esbarra na cadeia e que se torna seu mestre na arte do ilusionismo. Ferragus é uma homenagem dos autores Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro ao ator Francisco Cuoco na minissérie/novela ‘O Astro’, especial da Rede Globo que revisita a obra original de Janete Clair em comemoração aos 60 anos da teledramaturgia brasileira. Com estreia marcada para 12 de julho, a releitura de ‘O Astro’ tem direção de núcleo de Roberto Talma, direção geral de Mauro Mendonça Filho e direção de Fred Mayrink, Allan Fiterman e Noa Bressane. O roteiro tem colaboração de Tarcísio Lara Puiati e Vitor de Oliveira.

O papel que antes foi de Francisco Cuoco agora é de Rodrigo Lombardi. Protagonista de ‘O Astro’, Herculano Quintanilha é um o herói ambíguo e, por isso, humano. “Janete Clair sempre esteve à frente do seu tempo. Ela impregnava seus personagens de humanidade. Falar sobre ‘O Astro’ é reviver alegrias e sentimentos bons. Sinto-me recebendo uma grande homenagem”, derrama-se Francisco Cuoco, convidado pelos autores e diretores para viver Ferragus. Os dois atores contracenam juntos. Ferragus é o mestre de Herculano durante os oito anos de prisão. Ao se separarem, Ferragus continuará aparecendo para Herculano, ora em pensamento, ora se materializando como um alter ego. E, assim, estarão juntos ao longo de toda história. “Quando me vi com o turbante, levei um susto. Bateu um êxtase. Na primeira vez que estive com Cuoco, ele olhou pra mim e me arrepiei. Ele é imbatível. Ele será o mestre Ferragus, que, de algum modo, é o Herculano 30 anos depois”, declara Rodrigo Lombardi. “É mágica. Ninguém ao certo sabe quem é quem. É como se fosse uma projeção dele no futuro. É uma experiência que suscita muitas interpretações”, conclui o diretor Mauro Mendonça Filho.

A saga do sonhador Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) abarca ilusionismo, cobiça e sedução. Sem saber se o Professor Astro, como ficará conhecido Herculano em seus shows, é um trapaceiro ou realmente um homem com poderes fora do comum, todos acabam se envolvendo nos seus atraentes enigmas. Um sujeito que saiu de sua pequenina cidade natal dentro de um camburão para passar oito anos na prisão estadual, onde aprendeu tudo sobre ilusionismo e vidência, Herculano surpreende o destino e se torna a grande atração de uma soturna casa de espetáculos, no centro do Rio de Janeiro. E é nesta cidade que ele conhecerá dois personagens que mudarão o rumo de sua história: a sua paixão, Amanda Mello Assunção (Carolina Ferraz), e seu grande amigo, Márcio Hayalla (Thiago Fragoso). E também reencontrará Neco (Humberto Martins), um antigo desafeto.

O GOLPE DENTRO DO GOLPE

Dono de uma loja de miudezas em Bom Jesus do Rio Claro, Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) não para de sonhar. E, em meio a tantas fantasias, eis que surge uma ideia que mudará sua vida para sempre. O ano é 2002, em plena Copa do Mundo. A pequenina cidade não comporta as ambições de Herculano, que põe em prática um plano que é um primor de vigarice: arrecadar donativos para a reforma da Igreja Matriz e superfaturar a obra. O esquema é um sucesso. Herculano se vale da confiança do pároco Frei Laurindo (Sérgio Mamberti) e consegue que a cidade toda dê quantias substanciais para os reparos.

Herculano, porém, nem imagina o que Neco (Humberto Martins), seu parceiro, é capaz de fazer. No dia da fuga dos cúmplices, Neco se adianta e dá um golpe dentro do golpe. Herculano avista o amigo fugindo da cidade em sua caminhonete, levando não apenas o dinheiro, mas seus sonhos. Neco deixa o parceiro em um beco sem saída: depois de correr da população da cidade, ávida por vingança, Herculano se entrega, é preso e condenado.

CONDENADO AO ILUSIONISMO

Herculano (Rodrigo Lombardi) chega à prisão estadual e é tomado de desespero quando se vê confinado. Num rompante, usa os punhos para golpear as grades com violência. Numa das celas, surge um homem 30 anos mais velho que ele, com ar de simpatia, que diz: “Calma, rapaz. O tempo aqui passa devagar. Todo mundo tem que aproveitar pra aprender alguma coisa”. É Ferragus (Francisco Cuoco), um sujeito preso há 15 anos.

Aos poucos, Herculano decide se aproximar de Ferragus e lhe pergunta por que é que os guardas o tratam de maneira diferenciada, cheio de regalias. Ferragus sorri e responde: “Porque eu tenho certos poderes”. Nesse momento, o velho prisioneiro decide ensinar seus segredos de ilusionismo. “Sabia que eu sou capaz de trazer de volta a pessoa amada em três dias?”, indaga Ferragus, e acrescenta, zombando: “Só não sei por quanto tempo a pessoa amada aguenta antes de fugir de novo.” Herculano nunca sabe se ele está falando sério ou não, mas embarca nas suas ilusões. Por fim, ganha um presente de Ferragus do qual jamais irá se separar: uma ametista, falsa.

O PROFESSOR ASTRO

Oito anos se passam, Herculano (Rodrigo Lombardi) ganha a liberdade e aparece no palco da casa de shows Kosmos, num sobrado da Lapa, bairro boêmio do Rio de Janeiro. Ele agora é o Professor Astro, a principal atração de ilusionismo e telepatia. Na cabeça, um turbante, e, no centro do artefato, tilinta sua ametista. Ao lado dele, Valéria (Ellen Roche), sua ajudante hipnotizante. Essa é a nova vida de Herculano.

OUTRAS VIDAS, UM AMOR

Durante um de seus espetáculos, o olhar do Astro se cruza com o de uma requintada mulher, e uma paixão avassaladora surge entre eles. Ela é Amanda Mello Assunção (Carolina Ferraz), herdeira da Construtora Mello Assunção, que está a ponto de falir. Amanda, que sempre foi cética, assiste ao show com ar blasé até que Herculano (Rodrigo Lombardi) se aproxima e começa a revelar verdades, a princípio triviais, a respeito dela. Essas verdades vão, no entanto, se tornando cada vez mais específicas.

Ele advinha, por exemplo, que há alguma pessoa dilapidando o patrimônio de sua família. Como o pai de Amanda, Adolfo Mello Assunção (Reginaldo Faria), é um jogador compulsivo e fez muitas dívidas no pôquer que prejudicaram a empresa, ela dissimula, mas sente o golpe da revelação.

Como se não bastasse, Herculano pergunta a Amanda onde está o belíssimo colar que ela queria usar. Amanda fica perplexa ao lembrar da joia, que herdou de sua mãe e foi vendida pelo pai. Ela se levanta, encara o vidente e sai da Kosmos às pressas, mexida não só com as revelações, mas com uma sensação desconcertante. No carro, vira para Beatriz (Guilhermina Guinle) e diz: “Eu tenho a impressão de conhecer esse Herculano há milênios.” 



REDE HAYALLA, MAIS UM SUPERMERCADO PERTO DE VOCÊ!

Beatriz (Guilhermina Guinle) ouve a amiga e a acalma. Um homem bonito e sedutor daqueles mexe com qualquer uma, ela pensa. Ela vai para casa descansar, pois o dia seguinte será importante para o Grupo Hayalla, do qual é consultora jurídica. A rede inaugura mais um dos seus supermercados, num bairro nobre do Rio de Janeiro, com direito à presença de autoridades, celebridades e imprensa. No palanque montado para a festa, em posição de gala, está Salomão Hayalla (Daniel Filho), o patriarca da família.

A FAMÍLIA HAYALLA: UM ESCÂNDALO ABALA A SOCIEDADE!

De repente, um jovem de camiseta e jeans aparece e começa a distribuir dinheiro para o povo que está ao lado de fora da inauguração do novo supermercado. O púbico presente invade o supermercado e arremata todos os produtos que consegue pagar com o dinheiro recebido. O jovem que promoveu a ação é Márcio Hayalla (Thiago Fragoso), único filho e herdeiro do império de Salomão, que vendeu seu próprio carro para distribuir o pagamento à população.

Salomão Hayalla (Daniel Filho) nunca deixou de sentir o peso da mala de mascate nas costas. Mesmo tendo se tornado muito rico, continuou trabalhando arduamente. E, apesar de ser um homem honesto, valoriza excessivamente o dinheiro. Essa é a grande diferença entre ele e seu filho. Márcio (Thiago Fragoso) quer viver como um missionário, longe das seduções do mundo material, e abomina a hipocrisia e o culto ao dinheiro que reina em sua casa e sua família.

Salomão enxerga Márcio como uma pessoa que nunca se deu conta de que o dinheiro é a recompensa “efetiva” do trabalho. Já seu filho o vê como alguém que não se importa com os outros. Esses embates frequentes vão atingir o clímax com uma profunda ruptura entre os dois.

MÁRCIO É INTERDITADO PELO PRÓPRIO PAI

Em uma noite de festa na casa dos Hayalla, Clô (Regina Duarte) e Salomão (Daniel Filho) recebem seus familiares, amigos, empresários e banqueiros para comemorar a inauguração do novo supermercado. Festa grande, bem ao gosto de Clô, esposa de Salomão. Os convidados circulam pelas salas. Um silêncio repentino toma conta do ambiente. Salomão, pasmo, vê Márcio (Thiago Fragoso) descendo as escadarias tirando cada peça de roupa, até ficar completamente nu e declarar: “Pronto, pai! Agora sou um homem livre!”.

Pai e filho se enfrentam. Salomão acaba por reprimir Márcio, que, atônito, segue para seu quarto, sem saber que no dia seguinte será internado em uma clínica psiquiátrica.

A PENHA, LUGAR DE SAMBA, INTRIGAS E MUITA PAIXÃO

A casa de espetáculos Kosmos, na qual Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) faz seus shows, pertence a Natalino Pimentel, mais conhecido por Natal (Antonio Calloni), empresário nascido e criado no bairro da Penha. E foi justamente lá, onde Neco (Humberto Martins), ex-parceiro de Herculano no golpe de Bom Jesus, investiu o dinheiro que arrumou passando a perna em todo mundo, inclusive no próprio Quintanilha.

Neco comprou uma casa na Penha, inaugurou um salão de beleza e casou-se com Laura (Simone Soares). Só que a esposa não quis deixar desamparada sua mãe, Dona Consolação (Selma Egrei) e a irmã mais nova, a moça mais cobiçada do bairro, Lili (Alinne Moraes). Resultado: todos foram morar com o proprietário do salão Penha Fashion. Neco também tratou de aumentar a família, e teve os filhos Ernesto Jr., o Nequinho (Diego Kropotoff), e Kelly (Anna Luiza Anillo).

Como sempre teve alma de vigarista e explorador, Neco pôs a cunhada Lili a trabalhar no salão como manicure, mas não a remunera, porque, à sua lógica, Lili trabalha em troca de moradia e comida. Dona Consolação foi para a cozinha e agora faz quentinhas, apesar de o genro reclamar do transtorno que isso traz para o sossego do seu lar.

LILI, A ANGELINA JOLIE DA PENHA

Todos olham quando ela passa. A beleza de Lili (Alinne Moraes) arrebata toda Penha. E Neco não se cansa de cobiçar seus encantos. Mas ela não é boba e sabe que o cunhado é de fato o príncipe dos canalhas. Para se proteger dele, aceita a corte de Natal (Antonio Calloni), o poderoso da Penha. Como o aniversário dela se aproxima, Natal resolve oferecer à sua deusa uma boca livre na Kosmos para toda a sua família que, a contragosto da aniversariante, inclui o cunhado. O apogeu da noite é o show de mentalização do Professor Astro.

O REENCONTRO COM O PASSADO

Herculano (Rodrigo Lombardi) faz seu show na Kosmos, surpreendendo os presentes com suas adivinhações. Encanta-se particularmente com Lili (Alinne Moraes), para quem prevê uma mudança radical. Mas, em seguida, reconhece Neco (Humberto Martins). O Professor Astro, então, “capta” a presença de um traidor e ladrão entre os presentes na casa. Neco veste a carapuça e sai em pânico da Kosmos.

Herculano vê a oportunidade de dar o troco em Neco. Ele ameaça revelar sua participação no roubo de Bom Jesus e, como pagamento pelo seu silêncio, consegue uma casa. Neco, a contragosto, passa a conviver de perto com o sucesso do bruxo, mas fará de tudo para atrapalhar a vida de seu antagonista.

LILI E OS HAYLLA

Sem suportar mais as canalhices do cunhado, Lili (Alinne Moraes) vai trabalhar como operadora de caixa em um supermercado da Rede Hayalla, onde conhecerá o poderoso Salomão Hayalla (Daniel Filho). Salomão se apaixonará perdidamente por ela, porém, o verdadeiro amor de Lili ainda está por vir: Márcio Hayalla (Thiago Fragoso), o filho de Salomão. Ao se sentir traído pelos dois, o poderoso Salomão Hayalla verá o amor se transformar em fúria.

MÁRCIO E HERCULANO: AMIZADE OU INTERESSE?

Márcio (Thiago Fragoso) foge da clínica psiquiátrica e passa a vagar pelas ruas do Rio, tocando seu trompete. Dias depois, com muita fome, não tem dinheiro nem para um salgado. Herculano (Rodrigo Lombardi) vê a cena, se compadece e manda trazer comida para Márcio. Não tem a menor ideia de quem seja ele, mas Márcio desperta em Herculano o seu lado bom. É o acaso que patrocinará este encontro. Uma afinidade tão poderosa que parece provocada por um feitiço. Herculano acolhe Márcio em sua casa e, através da sua amizade com o herdeiro, se aproximará futuramente da família Hayalla, até se tornar admirado por todos. Ou quase todos.

Herculano descobre a verdadeira identidade de seu amigo Márcio e tenta reaproximá-lo da família, conquistando aos poucos a confiança dos Hayalla. A família, por fim, acredita em Herculano e pede que ele impeça Márcio de viver com os missionários, conforme os planos do rapaz. Herculano, sempre jogando, diz que podem contar com ele.

O RISCO DE TENTAR COMPRAR UM AMOR

Enquanto isso, na mansão dos Hayalla, Salomão (Daniel Filho) descobre que Clô (Regina Duarte) e Felipe (Henri Castelli) são amantes. Felipe é filho de Nelson Cerqueira (Celso Frateschi), amigo de Salomão e um dos diretores da Construtora Mello Assunção, da família de Amanda (Carolina Ferraz). Felipe foi amigo de adolescência de Márcio (Thiago Fragoso), até se ligar a um grupo de jovens delinquentes de classe alta. Felipe se aproximou de Clô de olho em sua fortuna. Mas ela não sabe.

Diante da catástrofe econômica de sua família, Amanda pede a Nelson que consiga dinheiro emprestado com Salomão. Samir Hayalla (Marco Ricca), irmão de Salomão, vê nisso a grande oportunidade de se casar com Amanda. Pede que o irmão negue o empréstimo, pois assim terá Amanda em suas mãos. Mas, quando Cerqueira faz o pedido, Salomão concorda em ajudá-lo, desde que Cerqueira envie Felipe para fora do país.

QUEM MATOU SALOMÃO HAYALLA?

Secretamente, Felipe (Henri Castelli) volta ao Brasil e passa a exigir que Clô (Regina Duarte), sua amante, roube os documentos que o incriminam e que estão no cofre de Salomão Hayalla (Daniel Filho). Clô aproveita uma ausência do marido e consegue pegar o dossiê no cofre. Na mesma noite, Salomão é encontrado morto, assassinado em circunstâncias misteriosas. A investigação policial toma conta da trama. Diversos são os possíveis assassinos, todos com motivos para matar o empresário.

HERCULANO CHEGA AO TOPO

Os irmãos Samir (Marco Ricca), Youssef (José Rubens Chachá) e Amin (Tato Gabus), apesar das divergências e suspeitas mútuas, se unem e pedem que Herculano (Rodrigo Lombardi) convença Márcio (Thiago Fragoso) a assumir o lugar do pai na empresa, enquanto Samir ocupa interinamente a presidência. Movido por sua ambição de poder, Herculano coage Márcio a assumir a presidência do grupo Hayalla e é nomeado por ele seu assessor. É o grande momento do Professor Astro: ele finalmente chegou lá.

O talento e o carisma de Herculano fazem com que ele ascenda a posições de grande poder dentro do grupo econômico. A suspeita de que seja um vigarista e os interesses contrariados fazem com que seus inimigos e rivais sempre procurem desmascará-lo. Em vão. Mas isso faz com que suas peripécias sejam cada vez mais mirabolantes e que o personagem se torne fascinante, abusando de sua ambiguidade e destreza para se equilibrar na corda bamba. Craque da estratégia, ele usa não apenas o ilusionismo, mas a inteligência, para manipular a todos. 




AMORES, ARROUBOS, PAIXÕES

O amor é rasgado, derramado. O romantismo está em todo lugar. Amanda (Carolina Ferraz) e Herculano (Rodrigo Lombardi) não entendem como viveram até agora sem se conhecer. Eles se apaixonam no primeiro olhar. Mas esse amor encontrará muitas pedras e percalços no caminho. Amanda não tem certeza se ele merece todo sentimento que tem por ele. Herculano tem certeza de que a ama e de que ficarão juntos. Ela acha que ele não a ama tanto assim. Ele compreende que tudo tem sua hora, mas sempre se enrola nos próprios trambiques. Amanda teme não aguentar tamanha montanha-russa. Mas os dois desejam eternizar esse amor. “Iremos abusar do romantismo rasgado. Afinal, o mundo pode ter mudado, mas o desejo de amar e ser amado nunca mudou”, comenta o autor Geraldo Carneiro.

A união de Márcio (Thiago Fragoso) e Lili (Alinne Moraes), assim como a de Heculano e Amanda, é tumultuada, cheia de paixão e de idas e vindas. Clô (Regina Duarte) e Salomão (Daniel Filho) têm tantas mágoas que não conseguem a paz. Felipe (Henri Castelli) só quer o dinheiro de Clô, e ela se apaixona pelo canalha. Salomão sonha com o amor de Lili e sofre quando descobre que é por seu filho que ela se apaixonou. Laura (Simone Soares) é maltratada pelo marido Neco (Humberto Martins), que, mesmo brigando com Lili, deseja a cunhada. Youssef (José Rubens Chachá) é louco por Magda (Vera Zimmermann), que o faz de gato e sapato. Já Amin (Tato Gabus) reprime a mulher Jamile (Carolina Kasting), que nem desconfia que seu marido tem um caso com a secretária Silvia (Bel Kutner). Mas Silvia sofre porque Amin não quer assumir seu relacionamento com ela. Em suma, amores e dissabores no ar.

O ASTRO REVISTADO

Samir (Marco Ricca) é o irmão mau-caráter e parceiro de Salomão Hayalla (Daniel Filho), um homem trabalhador, que de mascate se tornou o poderoso dono do Grupo Hayalla, em que se destaca uma rede fortíssima de supermercado. Salomão ainda tem mais dois irmãos: Youssef (José Rubens Chachá) e Amin (Tato Gabus). Todos são parceiros na empresa e estão de olho na herança. Salomão é o patriarca da família, casado com Clô (Regina Duarte), uma mulher da alta sociedade, e pai de Márcio (Thiago Fragoso), um jovem que renega toda fortuna do pai.

Márcio, por obra do destino, se torna amigo de Herculano (Rodrigo Lombardi) e passa a morar com ele na Penha, subúrbio onde vive a esfuziante Lili (Alinne Moraes). Pai e filho dividirão o amor por essa mulher. Na Penha também reside Neco (Humberto Martins), um sujeito sem escrúpulos, que no passado passou a perna em Herculano e agora vai tentar se livrar do desafeto de qualquer jeito. Salomão e Herculano são iguais em um ponto: atraem inveja por onde passam. Herculano mira alto, e o céu é o seu limite. Ele usará todos seus poderes, os convencionais e também os especiais, e chegará ao topo do poder. Salomão, para chegar aonde chegou, também pensou grande e, quando parece atingir o auge, é assassinado. A morte de Salomão beneficia muita gente. Mas quem será que matou Salomão Hayalla?

A trama é velha conhecida dos contemporâneos da década de 70. Janete Clair escreveu a história que fez o Brasil parar até o último capítulo. Todos queriam descobrir quem matou Salomão Hayalla e o desfecho do “talvez trambiqueiro” encantador Herculano Quintanilha. O suspense pegou até o poeta Carlos Drummond de Andrade, que escreveu em sua coluna logo após o fim da novela: “Agora que ‘O Astro’ acabou vamos cuidar da vida, que o Brasil está lá fora esperando”.

Na nova versão, o público verá um Herculano e um Salomão do nosso tempo, dos anos 2000. “Estamos preservando os pilares básicos da história original. A nossa preocupação tem sido deixar as tramas com ares do século 21 e, assim, os personagens agirão em consonância com os hábitos dos anos atuais”, explica o autor Alcides Nogueira. “Ainda que hoje em dia pareça que não temos tempo para falar de sentimentos, os personagens mostram o contrário. É o que todos querem em qualquer tempo: amar e ser amado. O amor derramado será uma das marcas de ‘O Astro’”, conclui o autor Geraldo Carneiro.

A VIAGEM AO PARANÁ

A primeira parada foi na estação do Marumbi que, na ficção, ilustrará a estação ferroviária de Bom Jesus do Rio Claro, cidade de Herculano (Rodrigo Lombardi). Logo depois, a equipe seguiu para o presídio do Ahú, em Curitiba. Desativada há quatro anos, a cadeia serve de cenário para as cenas da prisão de Quintanilha. O diretor-geral Mauro Mendonça Filho esteve à frente das gravações externas no Paraná. As paradas seguintes foram Antonina e Morretes, cidades históricas do litoral paranaense, onde foram registradas mais cenas da fictícia Bom Jesus do Rio Claro.

A equipe, que partiu do Rio de Janeiro, foi composta por cerca de 50 profissionais, entre eles, elenco, direção, produção, cenografia, engenharia, produção de arte, figurino, efeitos especiais, assistentes e até mágicos. Nas cenas da ferrovia, foram utilizados cerca de 80 figurantes locais. No presídio, em torno de 180 e, em Antonina e Morretes, mais de 200 pessoas fizeram parte da figuração.

No total, a produção gravou durante 12 dias no Paraná. Em Curitiba, gravaram os atores Rodrigo Lombardi, Francisco Cuoco, Marcella Muniz, como Doralice, ex-mulher de Herculano, e Bernardo Marinho, como Alan, filho de Herculano. No litoral, além do elenco citado, participaram Humberto Martins e Sergio Mamberti, como Frei Laurindo, entre outros.

CIDADE CENOGRÁFICA E ESTÚDIO

A cenografia é concebida por José Claudio, com o auxílio de Eliane Heringer, nos estúdios, Isabela Urman, nas gravações externas, e Fernando Meirelles, na cidade cenográfica. Para as gravações no Paraná, Isabela visitou até cadeia de verdade para ter referências reais e construir não só o presídio como a cadeia local, na qual Herculano (Rodrigo Lombardi) ficará preso. O próprio presídio do Ahú, em Curitiba, ainda tem celas que não estão totalmente desconstruídas, e assim Isabela pode reconstruir uma cela fictícia bem próxima da realidade, usando-as como referência. “A direção pediu realidade em todas as montagens. Pesquisamos para que o real e a ficção estivessem misturados a tal ponto de não sabermos diferenciar quando começa um e termina o outro. Em Antonina, usamos a própria cidade, com seu ar interiorano, e as interferências, como as bandeirinhas do Brasil para a Copa do Mundo, foram pensadas para dar um ar mais natural possível”, explica minuciosamente a cenógrafa Isabela Urman.

Nos estúdios, foram levantadas as paredes da luxuosa casa de Salomão Hayalla (Daniel Filho), que segue a arquitetura de uma antiga mansão de Copacabana. Não muito longe, moram Youssef (José Rubens Chachá) e Amin (Tato Gabus), que terão suas casas cenográficas também em estúdio. O apartamento moderno e chique de Amanda (Carolina Ferraz) recebeu cenografia completa, com ares do bairro do Flamengo, na Zona Sul do Rio. O cassino de Miriam (Mila Moreira) é todo ambientado em estúdio, assim como as casas da Penha, a de Neco (Humberto Martins), Herculano (Rodrigo Lombardi), o salão de Neco e a Kosmos. “Idealizamos a Kosmos como uma casa de shows muito autêntica e prática para gravações em televisão. Todos os pequenos detalhes foram pensados com calma para termos mais realismo em cena. A cor escolhida para o ambiente foi o azul marinho, que dá profundidade ao cenário”, adianta o cenógrafo José Claudio.

A Penha ganhou uma cidade cenográfica só pra ela. O coração do Projac recebeu a reprodução de algumas ruas do bairro. O salão Penha Fashion e o bar Bafo de Ouro foram construídos para serem gravados por dentro e por fora. As ruas buscam retratar a parte residencial da Penha carioca. As casas de Neco, Herculano e Lili (Alinne Moraes) ganharam também fachadas. A Igreja da Penha estará lá, reproduzida por computação gráfica. “O salão Penha Fashion merece destaque na cidade cenográfica de ‘O Astro’. Nele, foram criados três corredores que evitam a invasão de câmeras no cenário e ficam em volta do sobrado. Com isso, as câmeras podem ser posicionadas através dos espelhos e vitrines removíveis. Um dos corredores, por exemplo, é disfarçado por uma porta de entrada, que, quando for preciso, será aberta ou removida para a câmera entrar”, explica o cenógrafo Fernando Meirelles.

A VIVÊNCIA DOS AMBIENTES

O pedido dos diretores foi claro: realismo. E a pesquisa da produção de arte foi intensa, desde workshop sobre a cultura libanesa até pesquisa local no bairro da Penha e consultas a mágicos para dar o tom certo aos ambientes que serão apresentados. Para a família Hayalla, Silvana Estrella, a profissional que assina a produção de arte de ‘O Astro’, criou a partir de traços do costume libanês. “Utilizamos sutilezas dessa tradição para construir uma vivência com muito realismo. Cada detalhe foi pensado e montado para tornar os ambientes mais vivos”, explica Silvana. Na casa dos Hayalla, a ostentação pode ser observada através dos detalhes dourados, a prataria e a decoração forrada de vermelho, com arranjos de flores e objetos característicos da cultura libanesa.

Para dar vida à Penha, a equipe de produção de arte foi até as suas adjacências e fez registros do local. Camelôs e barraquinhas distintas serão montados na cidade cenográfica para dar movimento real às ruas do bairro fictício. Já o apartamento de Amanda foi pensado para acompanhar o perfil do personagem, uma arquiteta moderna. Sua casa é clean e elegante. A casa de shows Kosmos foi concebida como um espaço místico. Para isso, mágicos foram consultados sobre a vivência do velho teatro, que recebeu um espelho infinito, piso com figuras que remetem à galáxia e simulação de estrelas, além de mesa de centro e jogo de luzes.

Na viagem, o presídio foi o ponto alto para a produtora Estrella: “Temos como base a novela de Janete Clair produzida nos anos 70, e isso nos possibilitou criar espaços atuais, sem perder a essência da trama. Mas a cadeia fugiu desse pensamento. Foi muito cativante fazer a ambientação de um presídio verdadeiro. A estrutura era perfeita e abusamos disso”.

AULAS DE ILUSIONISMO

Os atores que estão diretamente ligados ao show de ilusão, voaram para São Paulo e tiveram aulas com mágicos de verdade. Além do workshop, Rodrigo Lombardi e Ellen Roche ensaiam os números de magia com a ajuda de consultores, horas antes de executá-los para as câmeras. “Rodrigo (Lombardi) fará mágica de verdade. Investimos em aulas e uma consultoria acompanha as gravações dos shows de ilusionismo. Com isso, nos aproximamos cada vez mais da magia real”, comenta o diretor Mauro Mendonça Filho. 

O Astro: Conheça os principais personagens



 

HERCULANO QUINTANILHA  (Rodrigo Lombardi) – Homem extremamente sedutor e carismático. Irradia um magnetismo muito forte. Sempre viveu de golpes, até ser preso. Na cadeia, aprendeu sobre astrologia, vidência, telepatia e mágica com o velho Ferragus (Francisco Cuoco). Será com esse arsenal, aliado à sua incrível inteligência, que Herculano subirá na vida, exercendo enorme influência sobre a poderosa família Hayalla. Ele é um grande estrategista, capaz de engendrar incríveis situações e sempre tirar proveito delas. Mas também ganha inimigos com isso. É um herói ambivalente, dotado de afeto e fidelidade às pessoas de quem gosta, como Márcio Hayalla (Thiago Fragoso), com quem estabelece uma relação de respeito e afeto. Viverá com Amanda (Carolina Ferraz) a grande história de amor da minissérie!

OS HAYALLA

SALOMÃO (Daniel Filho) – Imigrante libanês que fez fortuna graças ao seu trabalho incansável. Homem duro, seco, muitas vezes áspero, mas que faz questão de prezar os valores éticos. Fundou o Grupo Hayalla, que engloba uma poderosa rede de supermercados e vários outros negócios lucrativos. Delegou funções específicas para os irmãos, mas supervisiona tudo. A última palavra é sempre dele. Despótico, dá broncas terríveis nos irmãos pela incompetência deles na gestão dos negócios. Essas rixas de família farão com que, mais tarde, os irmãos Hayalla sejam suspeitos do assassinato de Salomão. Ele conduz com mão-de-ferro seus negócios, uma ideologia que se opõe ao neo-hippismo de seu filho Márcio (Thiago Fragoso). Casado com Clô (Regina Duarte). Apaixona-se por Lili (Alinne Moraes), que trabalha em um de seus supermercados. É um amor cândido e platônico, que mostrará um outro lado de Salomão.

CLÔ  (Regina Duarte) – Mulher de Salomão (Daniel Filho). O casamento foi arranjado entre as duas famílias. A de Clô percebeu que Salomão era sua chance de escapar da bancarrota. Clô é bonita, inteligente e alegre. Fútil e fofoqueira, está sempre muito mais preocupada com sua intensa vida social do que com a família, mas ama o filho Márcio (Thiago Fragoso), apesar de todas as diferenças entre os dois. Clô tem um caso com o jovem Felipe Cerqueira (Henri Castelli). Quando conhece Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi), simpatiza imediatamente com ele, que se aproveitará disso para aumentar sua ascendência sobre a família.

MÁRCIO HAYALLA (Thiago Fragoso) – Único filho de Salomão (Daniel Filho) e Clô (Regina Duarte). Tem paixão pela música e pela figura de São Francisco de Assis. Quer viver como ele, na simplicidade. Se despoja, performaticamente, de seus bens materiais, para desgosto e escândalo de seu pai. Nem passa pela cabeça de Márcio tomar parte nos negócios do Grupo Hayalla. Acredita no desenvolvimento sustentável, na erradicação da miséria, na inclusão social. Para ele, é possível existir um mundo melhor. Vai se apaixonar por Lili (Alinne Moraes), formando um triângulo com Salomão, seu próprio pai.

MAGDA  (Rosamaria Murtinho) – Tia de Clô (Regina Duarte). Solteira, foi viver com a família Hayalla. Mulher bondosa, mas firme quando precisa ser. Não aprova o modo de vida de Clô. Magda se preocupa muito com Márcio (Thiago Fragoso), que a respeita e tem muito carinho por ela. É aquela que ouve e sabe de tudo o que acontece na casa dos Hayalla.

YOUSSEF (José Rubens Chachá) – Irmão de Salomão (Daniel Filho). Bonachão, prefere não discutir e viver bem com todos. Mas é sempre instigado por sua mulher Nádia (Vera Zimmermann), que acha que Salomão não dá o devido valor ao marido, com sua preferência explícita por Samir (Marco Ricca). Salomão, realmente, não acha Youssef muito brilhante, mas mesmo assim conferiu a ele o controle das exportações e importações do grupo, além das relações comerciais com outras empresas.

NÁDIA (Vera Zimmermann) – Mulher de Youssef (José Rubens Chachá). É inteligente e dissimulada. Aos olhos de toda a família, mostra-se cordata e amável, mas sempre que pode instiga Youssef a exigir mais de Salomão (Daniel Filho). É com muita habilidade que consegue manipular o marido e todos ao seu redor, fazendo-os cometer torpezas e traições.

AMIN (Tato Gabus) – Irmão de Salomão (Daniel Filho). Sério, mas mais maleável que Salomão. É o responsável pelas atividades do Grupo na Bolsa de Valores e outros negócios. Vive ocupado e não dá a mínima para a esposa Jamile (Carolina Kasting) e para o filho Aminzinho (Jefferson Goulart). É o confidente do irmão Samir (Marco Ricca). Tem um caso com Sílvia (Bel Kutner), a secretária.

JAMILE (Carolina Kasting) – Casada com Amin (Tato Gabus). Uma mulher triste e quieta. Obedece cegamente ao marido, mesmo sendo praticamente ignorada por ele. Nem desconfia que o marido a trai.

AMINZINHO (Jefferson Goulart) – Filho de Amin (Tato Gabus) e Jamile (Carolina Kasting). Desde moleque, foi ligado em tecnologia. Fascinado por informática, é um jovem hacker, que já conseguiu entrar nos computadores menos protegidos da família. Sua habilidade fará com que descubra segredos e falcatruas dos Hayalla.

LUÍSA (Hanna Romanazzi) – Namorada de Aminzinho (Jefferson Goulart). Acha-se mais idiota ainda diante da super inteligência de Amin.

SAMIR (Marco Ricca) – O irmão solteiro e mais novo de Salomão (Daniel Filho) é o preferido dele. Muito inteligente e sagaz, Samir é o responsável pelos negócios imobiliários do Grupo Hayalla. Sabe que Márcio (Thiago Fragoso) não quer ocupar o lugar do pai na presidência do Grupo e se prepara para tomar o lugar dele. Quer se casar com Amanda (Carolina Ferraz). Com isso, terá a mulher que deseja e também a construtora da família dela.

BEATRIZ (Guilhermina Guinle) – Consultora jurídica do Grupo Hayalla. Grande amiga de Amanda (Carolina Ferraz) e sua confidente, Beatriz é uma mulher livre, que faz o que bem entende e dificilmente cai na lábia de algum homem. Mas se sente só. Tem um caso com Samir (Marco Ricca), mas sabe que ele é louco por Amanda.

SÍLVIA (Bel Kutner) – Secretária particular de Clô (Regina Duarte). Resolve todos os problemas da patroa com habilidade. Até os mais complicados. Tem um caso com Amin (Tato Gabus), mas ninguém sabe disso. Passa muitas informações ao amante. Amin é um dos poucos que sabe do caso de Clô com Felipe Cerqueira (Henri Castelli).

HENRI (João Baldasserini) – Cabeleireiro particular de Clô (Regina Duarte), com livre acesso à casa dos Hayalla. Ambicioso, mas muito discreto e habilidoso quando expressa suas opiniões. Exerce grande influência sobre Clô e tem uma cumplicidade sem igual com Felipe (Henri Castelli).

INÁCIO (Pascoal da Conceição) – Copeiro da casa do Hayalla. É um homem de formação refinada, pois foi copeiro de famílias elegantes dentro e fora do Brasil. Inácio pode guardar o mistério de sua origem profissional e isso será usado por Felipe (Henri Castelli) e Henri (João Baldasserini) para chantageá-lo.

LOURDINHA (Lara Rodrigues) – Empregada da casa dos Hayalla. Não leva nada muito a sério, nem mesmo as ordens do copeiro Inácio (Pascoal da Conceição). Vive suspirando pelos cantos por Felipe (Henri Castelli).

JOAQUIM (Luca de Castro) – Jardineiro da casa dos Hayalla. Homem bom e generoso. Gosta muito de Márcio (Thiago Fragoso). Viúvo, é pai de Olavo (Rafael Losso). Sabe de muita coisa que acontece na casa, mas prefere manter o silêncio. Todos têm medo de que ele saiba muito e, um dia, se disponha a falar.

OLAVO (Rafael Losso) – Perdeu a mãe muito cedo e foi criado pelo pai. Cresceu junto com Márcio (Thiago Fragoso), de quem é até hoje o melhor amigo. Trabalha em um dos supermercados do Grupo Hayalla.

CARMEM (Marian Bassoul) – Secretária do Grupo Hayalla.




OS MELLO ASSUNÇÃO

AMANDA  (Carolina Ferraz) – Linda, sensual, inteligente e culta. Uma mulher que tira o fôlego de todos os homens. A arquiteta é a responsável pelos projetos mais importantes da construtora do seu pai. Como este não quer saber dos negócios, Amanda é a principal figura da empresa. Vive decepcionada com os homens, porque acredita que jamais encontrou algum que estivesse à sua altura. É assediada constantemente por Samir Hayalla (Marco Ricca), que quer conquistá-la não só pela paixão, mas para conseguir o controle da Construtora. Tudo isso muda quando encontra Herculano (Rodrigo Lombardi), que vai fasciná-la pela inteligência, pela capacidade de adivinhá-la e de compreender os seus mistérios melhor do que ela mesma, e pela sensualidade. Vai viver com Herculano Quintanilha uma grande história de amor.

JÔSE (Fernanda Rodrigues) – Irmã mais nova de Amanda (Carolina Ferraz). Com a morte da mãe, foi praticamente criada por ela. As duas se dão muito bem, mas Jôse é o oposto de Amanda. Fechada e insegura, é apaixonada por Márcio Hayalla (Thiago Fragoso) desde criança. Torna-se uma fotógrafa de renome.

ADOLFO MELLO ASSUNÇÃO (Reginaldo Faria) – Pai de Amanda (Carolina Ferraz) e Jôse (Fernanda Rodrigues). Um bon-vivant e jogador irrecuperável. Recebeu a Construtora Mello Assunção do seu sogro e a levou à falência. Assunção está prestes a se casar com Míriam (Mila Moreira), uma deslumbrada. Amanda não suporta Miriam e vice-versa.

MÍRIAM (Mila Moreira) – Vai se casar com Adolfo Assunção (Reginaldo Faria). O caso nasceu no cassino clandestino de Míriam, que, agora, arranca o que bem quer do futuro marido, para desespero de Amanda (Carolina Ferraz). É amiga de Clô (Regina Duarte), com quem troca figurinhas e fofocas sobre a vida social.

NILZA (Tuna Dwek) – Secretária de Amanda (Carolina Ferraz) na construtora. Mulher discreta e excelente funcionária.

DR. CERQUEIRA (Celso Frateschi) – Um dos diretores da Construtora Mello Assunção. Ele e Amanda (Carolina Ferraz) se dão muito bem. Sua ex-mulher mora em Paris e ele mora com o filho, Felipe (Henri Castelli). Mantém de longa data uma boa relação com a família Hayalla. Homem honesto, sofre vendo no que se transformou o único filho. Mas não consegue interferir na vida de Felipe.

FELIPE (Henri Castelli) – Filho único de Cerqueira (Celso Frateschi). Até a adolescência, foi muito amigo de Márcio Hayalla (Thiago Fragoso), mas eles se distanciaram quando Felipe se ligou a um grupo de jovens delinquentes da classe alta. Felipe tem um caso com Clô Hayalla (Regina Duarte).

ARTUR (Rafael Primot) – Amigo de Felipe (Henri Castelli). Faz tudo o que Felipe manda. 




OS DA PENHA


NECO (Humberto Martins) – Foi comparsa de Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) no roubo dos donativos para a igreja de Bom Jesus do Rio Claro. Veio para o Rio de Janeiro e procurou mudar de vida. Casou-se com Laura (Simone Soares), montou um salão de beleza e tem loucura por seus filhos Nequinho (Diego Kropotoff) e Kelly (Anna Luiza Anillo). Implica com sua cunhada Lili (Alinne Moraes), mas, na verdade, morre de vontade de tê-la em seus braços. Neco será um dos grandes inimigos de Herculano.

LAURA (Simone Soares) – Mulher de Neco (Humberto Martins) e mãe de Nequinho (Diego Kropotoff) e Kelly (Anna Luiza Anillo). Uma moça bonita, agradável, que sempre sonhou em ser bailarina, mas acabou como dona de casa. Filha de Consolação (Selma Egrei) e irmã de Lili (Alinne Moraes). Conversa muito com Herculano (Rodrigo Lombardi) e tem muita estima por ele, o que irrita Neco.

NEQUINHO (Diego Kropotoff) e KELLY (Anna Luiza Anillo) – Filhos de Neco (Humberto Martins) e Laura (Simone Soares).

LILI (Alinne Moraes) – Irmã de Laura (Simone Soares) e filha de Consolação (Selma Egrei). Uma jovem linda, alegre, de bem com a vida e sempre pronta a enfrentar qualquer dificuldade. No começo da história, ela trabalha como manicure no salão do cunhado Neco (Humberto Martins), até perceber que este quer lucrar mais ainda com ela. Lili deixa o salão e vai para um dos supermercados do Grupo Hayalla. É lá que Salomão (Daniel Filho) a conhece e se apaixona imediatamente pela moça. Um amor terno e platônico. Mais tarde, quando conhece Márcio (Thiago Fragoso), Lili reconhece nele o verdadeiro amor. Os dois vivem uma bela, mas difícil história de amor, que irá evocar a fúria de Salomão. Nesse momento, Lili é demitida do supermercado e vai trabalhar como taxista.

CONSOLAÇÃO (Selma Egrei) – Mulher forte e sofrida, mas com um coração grande. Abandonada pelo marido, conseguiu criar as duas filhas Laura (Simone Soares) e Lili (Alinne Moraes) fazendo salgados e doces para fora.

TÂNIA (Carolina Chalita) – Amiga de Lili (Alinne Moraes), trabalha como operadora de caixa no supermercado. Adora ir aos bailes funk.

NATALINO (NATAL) (Antônio Calloni) – Dono da casa noturna Kosmos, na Lapa, frequentada por pessoas de todos os tipos e tribos, onde Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) irá se apresentar. É amigo de todo mundo, mas perde as estribeiras quando é provocado. Natal é apaixonado por Lili (Alinne Moraes) e sempre pede a moça em casamento. O manda-chuva da Penha mora com sua avó, Dona Dalva (Maria Pompeu), a quem dedica muito amor e respeito.

DONA DALVA (Maria Pompeu) – Avó zelosa de Natalino Pimentel (Antonio Calloni).

CLEITON (Frank Menezes) – Ajudante de Neco (Humberto Martins) no salão. Gosta de contar vantagem sobre tudo.

UBIRACI (Rodrigo Mendonça) – Gerente do Salão Penha Fashion. Sujeito calado. É o braço direito de Neco (Humberto Martins).

PABLO BANDERAS (Pablo Sanábio) – Quando Lili (Alinne Moraes) sai do salão Penha Fashion, Pablo é contratado para trabalhar no seu lugar.

OS DE BOM JESUS DO RIO CLARO

ALAN (Bernardo Marinho) – Filho de Herculano (Rodrigo Lombardi) com Doralice (Marcella Muniz). No início da história, vive com a mãe. Apesar do pouco contato com o pai, pois as ligações sempre foram boicotadas por Doralice, ele o admira e promete a si mesmo limpar o nome de Herculano na cidade. Herculano cumprirá a promessa e Alan irá morar com ele.

DORALICE (Marcella Muniz) – Mãe de Alan (Bernardo Marinho), que nasceu do relacionamento que ela teve com Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) quando ele ainda morava em Bom Jesus do Rio Claro. Doralice nunca se esqueceu de Herculano. Tanto que vai com Alan para o Rio de Janeiro, mas constata que Herculano não é mais um homem para a vida dela. Mesmo assim, ela sempre será um transtorno para Herculano, causando muitos problemas ao romance dele com Amanda (Carolina Ferraz).

FREI LAURINDO (Sergio Mamberti) – Velho religioso de Bom Jesus do Rio Claro que confia em Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi), sempre vendo o lado bom dele. Será a pessoa que protegerá Herculano quando ele voltar a Bom Jesus, pela primeira vez, para rever o filho Alan (Bernardo Marinho). E também em outras ocasiões. 



 
PARTICIPAÇÕES

VALÉRIA (Ellen Roche) – Assistente de Herculano Quintanilha (Rodrigo Lombardi) nos seus shows de magia e ilusionismo na casa noturna Kosmos.

FERRAGUS (Francisco Cuoco) - Um velho homem que já está preso há quinze anos. É quem ensina, na cadeia, a Herculano (Rodrigo Lombardi) os segredos do ilusionismo, da magia, os fundamentos teóricos da astrologia e do tarô. Tudo que Herculano mais tarde irá usar para subir na vida. Ferragus morre na cadeia. 

 

Arquivo N lembra a história e obra de Janete Clair


O Arquivo N desta quarta-feira, dia 13 de julho, recupera a história de Janete Clair, autora que revolucionou a teledramaturgia brasileira. Com entrevistas da própria novelista e depoimentos de amigos e colaboradores, o programa conta a trajetória de seus trabalhos na Rede Globo. Imagens inéditas mostram o ritual de trabalho da autora, que antes de começar a escrever, fazia o sinal da cruz.

“Eu acho que eu entendo um pouco da psicologia do povo, eu sei o que ele gosta de ver, o que gostaria de sentir naquele momento. É uma emoção de alegria, tristeza, é uma emoção de drama. Você sabendo dosar isso bem, não é uma fórmula para atingir o sucesso, mas é uma maneira de atingir o publico, é uma comunicação de gente para gente, de emoção para emoção. Eu acho que é isso, não pode ser outra coisa. Eu não estudei para isso, é uma intuição, é um sexto sentido”, dizia Janete sobre sua facilidade para construir histórias bem sucedidas entre o público.

No ano em que as novelas completam 60 anos no Brasil, a autora é homenageada com uma minissérie especial de 60 capítulos, baseada em uma de suas obras mais importantes, O Astro, que será exibida na Rede Globo a partir desta terça-feira, dia 12.

Para os fãs da autora e para aqueles que querem conhecer melhor sobre sua vida e obra, está no site da Globo News um quiz com 10 perguntas sobre Janete Clair. O jogo está disponível no link http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2011/07/...anete-clair.html.

O Arquivo N especial sobre Janete Clair vai ao ar nesta quarta-feira, dia 13, a partir das 23 horas, no canal de TV por assinatura Globo News