sexta-feira, 17 de abril de 2009

Destaques da sexta-feira, 17/4/2009


Tudo o Que É Sólido Pode Derreter - Cultura, 19h30
Na semana passada estreou na TV Cultura a série teen Tudo o Que é Sólido Pode Derreter. O charme do programa, assinado pela Ioiô Filmes, é a cada episódio misturar o desenvolvimento dos personagens com o contexto de uma obra da literatura em língua portuguesa. O primeiro e o segundo episódios podem ser assistidos a qualquer momento pela Internet, clicando aqui. O segundo episódio, que irá ao ar esta noite na TV, se chama Os Sermões.


Tudo Novo de Novo - Globo, 23h15
A rede Globo estreia nesta sexta-feira a série dramática Tudo Novo de Novo. Com texto de Lícia Manzo, o seriado tem no elenco Júlia Lemmertz, Marco Ricca e Guilherme Fontes.

TELETEMA: Um anjo caiu do céu

Caras & Bocas: Nicholas força a barra com Dafne


Candidato a marido é o que não vai faltar para Dafne nesse momento! Todos estão sabendo que ela precisa se casar o quanto antes para garantir a presidência da empresa que acaba de herdar. Muito “solícito”, Nicholas é um dos que a procura e propõe casamento.

Ele quer é uma fatia da herança! Nada modesto, o garanhão já chega certo de que está abafando:

“Sei que deve me achar irresistível. Todas as mulheres acham”, ele afirma.

Para completar, ainda tem a audácia de dizer que resolveu fazer o favor de se casar com Dafne, já que ela precisa de um marido para assumir a empresa!

Prato cheio para o temperamento nada fácil da loura:

“(...) Saia da minha frente! Será que eu entrei em leilão? (...)”, ela diz, já expulsando Nicholas de sua casa. Mas o garotão não se dá por satisfeito e volta lá um outro dia. Agora um tanto mais humilde, ele usa outra tática: faz o tipo amigo preocupado e, todo meloso, cercando-a de todo o jeito, a convida para jantar.

Dafne se desvencilha das investidas e recusa o convite, mas dessa vez o acompanha até a porta em vez de expulsá-lo a pontapés.

Será que agora ele aprende que não dá para forçar a barra com Dafne?

Você não pode perder esses foras que Dafne vai dar em Nicholas! As cenas vão ao ar a partir de segunda-feira, dia 20/04.

"Tudo Novo de Novo" é seriado tipo "A Vida Como Ela É", acredita Júlia Lemmertz


Júlia Lemmertz anda encantada com a bem-sucedida arquiteta Clara de "Tudo Novo de Novo", série que estreia esta sexta, dia 17, na Globo. E o encantamento tem toda a razão de ser. Até porque, segundo a atriz, Clara representa a mulher contemporânea, que, ao mesmo tempo trabalha fora, sustenta a casa sozinha e ainda sonha em encontrar um novo amor e construir uma nova família. Apesar de também ter medo de ver tudo desabar mais uma vez. "O mais interessante de 'Tudo Novo de Novo' é que não estamos fazendo uma mininovela. Estamos fazendo um seriado meio que 'A Vida Como Ela É'. De uma pessoa que tem filhos, ex-maridos e se acha no meio de tantos afazeres", analisa.

Mãe de Carol, interpretada por Daniela Pepszyk, e Léo, de Matheus Gabriel - cada um de um ex-marido -, Clara se envolve com o engenheiro Miguel (Marco Ricca), durante uma obra em que os dois estão trabalhando juntos. O romance acaba sendo o pano de fundo para contar histórias de outros casais que também estão em busca do "re-casamento". "Depois daquela fase de 'Malu Mulher', da dificuldade de se separar, acho que agora a dificuldade é estar junto", reflete.

Casada há 15 anos com o ator Alexandre Borges, que atualmente interpreta o empresário Raul em "Caminho das Índias", Júlia confessa que se identifica com Clara. Principalmente por Alexandre ser seu segundo marido e pai do seu segundo filho, Miguel, de 8 anos. A atriz também tem uma filha de 20 anos, Luiza, do seu primeiro casamento com o executivo Álvaro Osório. "Assim como ela, também trabalho muito, tenho dois filhos de dois casamentos diferentes e também estou com uma obra em casa que não acaba nunca. Só não estou me separando! O resto é tudo parecido", diverte-se a atriz.

Ter a possibilidade de servir como instrumento para trazer para a ficção um debate sobre o desenho da atual família brasileira está sendo um prazer para Júlia. Tanto que, apesar de estar completamente envolvida com a peça "Mary Stuart", de Friederich Schiller - na qual está em cartaz no CCBB, no Rio, até o dia 22 de maio -, a atriz não pensou duas vezes antes de aceitar o convite de Denise Saraceni, diretora de núcleo da série, para viver a contemporânea arquiteta. "Me atraiu muito fazer uma comédia romântica, de situação - apesar de não ser um seriado de humor. É uma comédia da vida que segue, que é engraçada no meio da confusão, da tragédia, das desgraças", descreve.

Para Júlia, a "graça" do seriado está no cotidiano dos personagens que, mesmo diante de inúmeros problemas, encaram a vida com coragem e bom humor. "Todos os papéis são muito bem definidos. Tem a Nanda, por exemplo, que é a irmã da Clara e é o oposto dela, ou seja, muito mais despachada e solteira por opção", conta Júlia, referindo-se à atriz Maria Eduarda. Outros personagens que chamam a atenção de Júlia são a impulsiva Ruth (Arieta Correa) - ex-mulher de Miguel, com quem Clara se envolve - e o "workaholic" Fred, papel de Marcelo Spektor - primeiro marido de Clara que é um pai ausente e tenta compensar a falta de tempo com a filha enchendo-a de presentes caros. "São personagens muito bem escritos", elogia.

Ao descrever os personagens, Júlia reflete e admite que está curiosa para saber como o público vai receber a série. Segundo ela, porém, a identificação será imediata. "Percebo isso quando vejo a equipe de produção da série discutindo sobre as histórias. Todos vivem a vida um pouco assim", observa ela, que acredita que todos têm ou conhecem quem tem problemas parecidos com os dos personagens da série. "Quem não separa, sofre, tem um trabalho que cobra, um filho que fica doente? Todo mundo vive isso, né?", indaga a simpática atriz.

Caras & Bocas: Bianca procura Gabriel


Bianca não suporta sequer pensar na possibilidade de diminuir seu padrão de vida. Se para continuar sendo rica for preciso casar Dafne, que assim seja! A menina descobre o endereço de Gabriel e resolve ir atrás dele. O plano é casar sua mãe com seu pai o quanto antes!

Mas preconceituosa que só ela, Bianca fica horrorizada quando percebe que seu pai mora em um lugar simples. Afinal, Dafne sempre disse que ele era rico! Quando constata, acompanhada de Felipe, que o endereço que tem do pai bate exatamente com o do bar estilo "sujinho" que está diante de seus olhos, Bianca nem disfarça:

"Ai, que lugar horroroso!". Gabriel vem atender os dois, mas Bianca sai correndo, pois não consegue acreditar que aquele homem pobre é seu pai.

Já em casa, ela tem a prova com Dirce: seu pai, namorado de Dafne na adolescência, era mesmo pobre. Bianca, então, resolve voltar ao bar para falar com Gabriel, que já vai perguntando:

"Você de novo? Primeiro vem aqui, pergunta por mim, depois sai correndo sem dizer nada... Vamos, desembucha. O que você quer? Por que veio me procurar?".

"Eu sou sua filha!", revela Bianca, na lata, para a surpresa de Gabriel.

Será que ele vai engolir essa? Saiba qual vai ser a reação de Gabriel assistindo a Caras & Bocas! As cenas devem ser exibidas a partir de segunda-feira, dia 20/04.

Paraíso: Zeca conta a verdade a Antero


Antero não entende quando Maria Rita se tranca no quarto, decide ficar sem comer e ainda promete que vai se tornar freira. Tudo para que Zeca volte a andar.

Indignado, o pai da jovem procura o “peão doutor” e pergunta o que foi que acontece para sua filha ficar assim.

Zeca acaba confessando que está apaixonado pela Santinha, mas deixa o pai da jovem cheio de pena ao afirmar: “Ela chegou na minha vida tarde demais, seu Antero... Quando a vida tinha me dado essa rasteira! (...) Ela achou que podia me salvar... Que podia salvar o filho do diabo do destino dele! Mas ela não pode, seu Antero! Ninguém pode!”.

O rapaz pede ainda que Antero não deixe Maria Rita estragar sua vida por causa dele e diz que nunca amou ninguém como ama a Santinha. “Eu não quero que ela se sacrifique desse jeito por minha causa! Eu não mereço!”, declara, arrasado.

Antero volta para casa entristecido, pois sabe que Maria Rita também ama aquele pobre rapaz, que agora está preso a uma cadeira de rodas. Será que existe saída para este amor?

As cenas devem ser exibidas na segunda-feira, dia 20.

Paraíso: Zé Camilo está de volta!


Zé Camilo se vê obrigado a desfazer a comitiva depois que o trabalho fica cada vez mais escasso. O problema é que, hoje em dia, os fazendeiros preferem transportar os bois em caminhões, em vez de contratar peões para levar o gado pelas estradas.

Quando os amigos voltam para a fazenda, Zeca se sente culpado por ter largado a comitiva. “Eu estraguei a minha vida e a vida d’ocêis, o dia que eu caí de cima daquele tôro mardito!”, reclama, amargurado.

Para tentar ajudar Zé Camilo e os outros peões, o “filho do diabo” tem uma ideia. Ele pede para Eleutério contratar os rapazes para trabalharem na fazenda.

O pai de Zeca concorda e logo arruma um serviço para os peões: quer que eles busquem o touro que derrubou seu filho. “Aquele mardito num vai alejá mais ninguém!”, esbraveja, deixando Zé Camilo nervoso. Será que o pobre bicho merece mesmo um castigo desses?

As cenas devem ser exibidas a partir de segunda-feira, dia 20.

SESSÃO CHAMADAS: Luna Caliente

Caminho das Índias: Bahuan descobrirá que Maya está grávida


A gravidez de Maya (Juliana Paes) balançará o coração de Bahuan (Marcio Garcia) em Caminho das Índias. Conforme o NaTelinha já publicou, Bahuan irá ao Brasil, onde ficará apaixonado por uma nova mulher.

Mas antes que isso aconteça, ele descobrirá a gravidez de Maya. De acordo com o jornal O Dia desta sexta-feira (17), já no Brasil, no escritório da Cadore, Bahuan escuta uma conversa por telefone de Murilo (Caco Ciocler) com Raj (Rodrigo Lombadri) a respeito de um projeto da empresa. Murilo diz a Raj que é importante que todos os envolvidos estejam presentes na tal reunião e Raj avisa que é impossível ele se ausentar da Índia. Bahuan, que escuta tudo ao lado de Murilo, pede para ele perguntar quando Raj pode vir à empresa.

Após fazer a pergunta, Murilo fica surpreso quando Raj revela que será pai e que precisa estar ao lado de Maya para receber o filho. Murilo lhe dá os parabéns e repete tudo o que ouviu de Raj para Bahuan: "Ele será pai". Bahuan disfarça sua raiva e sai da sala.

Momentos depois, em uma partida de futebol, Bahuan vê uma grávida passar e se lembra de Raj e Maya. Agora não sabe se a criança que Maya espera é filho dele.

Audiência de quinta (16/04)


Senhora do destino - 20

Malhação - 22

Paraíso - 25

Caras & bocas - 28

Caminho das Índias - 38

A grande família - 30

Força-tarefa - 23

Promessas de Amor - 9

Chamas da Vida - 14

Poder Paralelo - 14

Revelação - 5

Dona Beija - 4

Sérgio Hondjakoff não será o protagonista de Bela, a Feia


Já foi definido que Sérgio Hondjakoff não será o protagonista de “Bela, a Feia”. O ator, que trocou a Globo pela Record, terá um papel importante na trama.

Na história, ambientada no Rio de Janeiro, ele vai interpretar um jovem rebelde, fã de música eletrônica. Entrará em conflito com o pai, sambista de carteirinha.

“Bela, a Feia” tem previsão de estreia para junho.

Caras & Bocas: Xico borra os quadros de Denis


Simone finalmente se dispõe a ir ao ateliê de Denis dar uma olhada nas telas que ele pinta. Certa de que está perdendo tempo, ela só resolveu ver essas telas para se livrar da marcação de Espeto. E a dificuldade de encontrar o local só faz a má vontade da moça ficar ainda maior:

“Ah, vou entrar, dar uma geral bem rápida e me mandar!”, ela diz para si mesma logo que encontra o endereço.

Enquanto isso, Denis e Espeto dão uma faxina na casa e nem percebem o que se passa no ateliê: é Xico pintando o sete! O chimpanzé deixa cair tinta em todas as telas e se diverte. Não sobra uma só tela de paisagem ou flores para contar história! Logo em seguida, Simone toca a campainha. Denis a recebe e pede que ela espere um instante para que ele dê uma última arrumada no ateliê.

Mas quando entra ali, quase tem uma síncope ao ver todos os seus quadros borrados:

“Meus quadros! Minhas obras... Minha chance!”.

Simone não aguenta esperar do lado de fora e entra de supetão, para o desespero de Denis, que já vai tentando se explicar, mas é logo interrompido:

“Não precisa explicar. É... é maravilhoso”, ela diz, encantada com a obra de Denis, ou melhor, do macaco!

Quer ver toda essa confusão? Então não perca Caras & Bocas! As cenas estão previstas para irem ao ar a partir de terça-feira, dia 21/04.

Review: Força-Tarefa


A única conclusão possível após assistir a estreia de Força-Tarefa, o novo drama policial de rede Globo, é que o caminho da teledramaturgia brasileira até o domínio da fórmula dos seriados de TV será longo, árduo e penoso. Mas o caminho está sendo trilhado, inclusive pela Globo, e é isto que importa.

Em seu episódio piloto, Força-Tarefa apresentou algumas ideias muito interessantes e também vários erros de execução.

A maior das boas ideias é sua premissa: fazer uma série sobre a Corregedoria da Polícia Militar. É uma ideia que cai bem com o momento da segurança pública no Rio de Janeiro e mesmo no Brasil, onde a força policial inspira medo e está associada ao crime. E também que protege o seriado das inevitáveis comparações com os seriados americanos – lá, a “internal affairs” ainda é a antagonista das histórias policiais, e eu realmente não me recordo de nenhum seriado, não que tenha feito sucesso, que mostrasse policiais do órgão no centro da ação.

E não sei se foi proposital, mas a ideia de Força-Tarefa também protege a Globo de algumas problemas – mascara o problema do maniqueísmo do seriados policiais, evita polêmicas com a corporação e, especialmente, minimiza eventuais debates sobre violência e segurança pública, que geraram muita publicidade mas também ruído para o filme Tropa de Elite.

Foi também uma boa sacada dos roteiristas Marçal Aquino e Fernando Bonassi imaginar um grande elenco – o núcleo policial tem Murilo Benício, Milton Gonçalves, Hermylla Guedes, Rodrigo Einsfeld, Juliano Cazarre, Henrique Neves e Osvaldo Barauna. A série funcionaria com menos gente, mas isto é sinal de que eles estão pensando no seriado para frente e com isto tem uma gama de personagens para desenvolver. Também não faço ideia se a Corregedoria trabalha daquele jeito, equipes grandes reunidas em uma sala de reuniões, mas conceitualmente funcionou muito bem. Estas cenas do briefing da equipe foram as melhores do episódio (mas se eu estivesse lá eu não tomaria café num copinho, eu usaria direto um canecão!).

O último elogio ao roteiro é a sacada de colocar o protagonista, o Tenente Wilson (Benício), dialogando com o policial-defunto Jonas (Rogério Trindade). Curiosamente, este mesmo recurso narrativo está sendo usado atualmente em outras duas séries da TV americana, que são Grey’s Anatomy e Fringe, irritando muita gente. Mas aqui ele funciona perfeitamente. Wilson me parece um homem de intelecto limitado (ora bolas, ele é um policial, e ainda por cima honesto!) e o roteiro precisava criar uma forma do personagem expressar seus sentimentos, sem que fosse dialogando com a namorada (Fabíula Nascimento) ou algum parceiro. As alternativas (ele narrando em off, ou se consultando com um terapeuta) não teriam um resultado tão bom como este.

Quais os problemas da série? Do ponto de vista do roteiro, o desapontamento é que a primeira história, o primeiro caso da série, tenha sido tão simplório. É um problema comum também na série brasileira 9mm: São Paulo: a dificuldade do roteiro de encaixar uma história mais sofisticada, ou de ao menos fazer a história parecer mais sofisticada, em um curto período de tempo.

A verdade é que os grandes problemas de Força-Tarefa não estão no texto. Estão no resto. A direção de arte foi exagerada, criando imagens belíssimas (a cena de abertura no lixão é boa) e outras estúpidas (os motociclistas largando as motos e correndo em direção ao helicóptero, a mulher do policial corrupto assistindo TV sentada num engradado e depois dormindo sobre uma mesa na casa vazia).

A direção dos atores poderia ser melhor (algumas falas ainda não soam naturais). E o pior foi a cena final, má dirigida e má editada, tornando a cena final, da morte do policial corrupto, previsível e sem emoção. A trilha sonora é confusa (misturando música brega e aquela trilha sonora incidental óbvia e irritante de novela das oito); E, falando em trilha, uma versão de “Polícia” dos Titãs, sério? Foi o melhor que eles puderam pensar pra uma música-tema? Me senti assistindo a um daqueles vídeos toscos, que fazíamos na faculdade de comunicação, há uma década atrás. A trilha coroa uma abertura veloz, que não combina com o ritmo do programa, e que termina com uma logomarca da série que também não combina com o programa.

Força-Tarefa ainda está longe do que buscamos em termos de excelência no gênero para a TV brasileira. Mas é um começo. E é bem provável que faça sucesso, como quase tudo que a Globo faz. Para milhões de brasileiros, Toma Lá Dá Cá é uma comédia engraçada e Prison Break começou em fevereiro e é o melhor seriado de TV de todos os tempos. Mal sabem eles…

quinta-feira, 16 de abril de 2009

SESSÃO CENA INESQUECÍVEL: Vale Tudo

Paraíso: Jacira se oferece para voar com Marcos


Todas as “regateiras” da cidade ficaram alvoroçadas com a chegada de Marcos, o engenheiro que vai montar a rádio de Paraíso. Afinal, o carioca é lindo e, ainda por cima, solteiro!

Mas é Jacira quem vai dar a largada na corrida atrás do bonitão. Quando descobre que Marcos está indo buscar o helicóptero no aeroclube da cidade vizinha, a loira se oferece para ir junto. Ricardo e Otávio avisam que isso pode dar confusão, mas, interessado na jovem, Marcos decide levá-la para dar uma “voltinha” pelo céu de Paraíso.

Quando o engenheiro pergunta se ela tem medo de voar, Jacira responde, animada: “Eu, medo? Imagina! Eu num tenho medo de nada!”.

Pois é, mas deveria ter, dona Jacira... Por que o pai da jovem não vai gostar nada de saber que ela andou saracoteando por aí com um forasteiro! Ah, mas não vai mesmo!

Não perca as cenas, que devem ser exibidas na segunda-feira, dia 20.

Globo volta às séries policiais com "Força-Tarefa"


Doze anos após "A Justiceira" e num momento em que outras emissoras apostam no gênero, a TV Globo volta hoje ao universo das séries policiais.

"Força-Tarefa" terá 12 capítulos até junho, depois de "A Grande Família". São histórias de uma equipe de policiais militares cujo objetivo é investigar e reprimir crimes cometidos por seus colegas de farda.

O coronel Caetano (Milton Gonçalves) dá as ordens, que cinco homens e uma mulher (Hermila Guedes, do filme "O Céu de Suely") executam. Murilo Benício é o protagonista Wilson, tenente incorruptível que briga até com a namorada, Jaqueline (Fabíula Nascimento, de "Estômago"), quando ela compra produtos piratas.

"Em nome dos princípios, ele abre mão de coisas que muitas pessoas não abrem", resume Benício, que se diz um "viciado em seriados". "Acho que é um grande segmento a se investir."

O problema, segundo o diretor geral da série, José Alvarenga Jr., é que o investimento é alto _"200%" a mais do que uma comédia de costumes, embora não revele valores. Cerca de 70% das cenas são externas, especialmente em favelas e bairros pobres do Rio. "Não é um Rio típico, de cartões-postais, mas um Rio real", diz ele.

As tramas são de dois paulistas com grande experiência no gênero: Marçal Aquino e Fernando Bonassi. Mesmo ressaltando ser tudo ficção, Alvarenga acredita que a série possa tocar na realidade.

"Não quero uma polícia que te para numa blitz e você fica com medo. Por causa da série, começamos a esbarrar com bons policiais, e aí fica claro que não é chapa branca o que estamos fazendo. O Brasil está com esse medo de falar bem de policial", diz ele, que tem recebido a ajuda de "fontes" da polícia.

Para Milton Gonçalves, que tem um irmão e um sobrinho policiais e já fez vídeos institucionais para a PM do Rio, o seriado pode "propiciar discussões na sociedade brasileira".

Caminho das Índias: Kochi dará um sumiço no neto quando ele nascer


A gravidez de Maya (Juliana Paes) promete continuar gerando polêmica nos próximos capítulos de Caminho das Índias.

De acordo com o jornal O Dia, após o parto, Maya terá poucos instantes para ficar com seu filho. Kochi (Nívea Maria) irá entregar o menino para a enfermeira mesmo sob os protestos da filha. A avó teme que a família seja desonrada quando descobrirem que o neto não é filho de Raj (Rodrigo Lombardi).

Kochi inventa uma desculpa e diz para Manu (Osmar Prado) que foram a um ritual onde seus pais vivem para proteger o bebê. Logo em seguida, Raj aparece para visitar Maya e descobre que ela, sua mãe e a criança não estão. Mais tarde, quando a indiana chega em casa, o marido pergunta pelo filho. Emocionada, Maya não sabe o que dizer.

As cenas deverão ir ao ar no dia 27/04.

Caminho das Índias: Silvia volta a dar aulas


Os dias de socialite de Débora Bloch estão contados em Caminho das Índias, da Globo. Disposta a enfrentar o cunhado Ramido, Silvia vai perder a herança de Raul, já que será responsabilizada pelo desfalque do susposto finado marido.

- Ela voltará a dar aula e vai se envolver em um assunto que a Gloria Perez [autora da novela] está discutindo, que é a relação de alunos com professores nas salas de aula brasileiras, contou a atriz para o jornal Agora.

Como se não bastasse ter que voltar a trabalhar, Silvia também vai procurar um novo lar para morar com Julinha depois de perder sua mansão.

Audiência de quarta (15/04)


Video Show - 13

Senhora do Destino - 20

Malhação - 24

Paraiso - 25

Caras & Bocas - 28

Caminho das Índias - 38

Promessas de Amor - 11

Chamas da Vida - 17

Poder Paralelo - 15

Revelação – 5

Dona Beija – 4

TRILHA SONORA: Chamas da Vida


01. FOGO E PAIXÃO - Fábio Jr. (tema de abertura)
02. SINAIS DE FOGO - Antonio Villeroy (tema de Pedro)
03. SEM DÍVIDA NEM DÚVIDA - Jorge Aragão (tema de Vó Tuquinha)
04. PRIMEIROS ERROS - Mike Foxx (tema de locação)
05. ESCOLHAS, PROVAS E PROMESSAS - CPM 22 (tema da gangue)
06. ENTRE A SOLA E O SALTO - Alcione & Gilberto Gil (tema de Arlete)
07. CAROLINA - Seu Jorge (tema de Carolina)
08. ESCORREGADIA – Twiggy (tema de Raíssa)
09. QUALQUER COISA - Arnaldo Antunes (tema de Tomás)
10. FAZ O PAGODE EXPLODIR - Dudu Nobre (tema de Ivonete)
11. O MEU MUNDO FICARIA MAIS COMPLETO COM VOCÊ - Cássia Eller (tema de Cazé)
12. HOJE EU QUERO SAIR SÓ - Lenine (tema de Manú)
13. FEELINGS - Morris Albert (tema de Pedro e Carolina)
14. ALSO SPREACH ZARATHUSTRA – Hervah (tema de ação dos bombeiros)


CAROLINA - Seu Jorge


O MEU MUNDO FICARIA MAIS COMPLETO COM VOCÊ - Cássia Eller

Anorexia alcoólica e espiritualidade darão o tom de Viver a Vida


Quando idealizou a sinopse de sua próxima novela, Viver a Vida, que substituirá Caminho das Índias em 14 de setembro, na Globo, Manoel Carlos realizou uma extensa pesquisa sobre assuntos que gostaria de discutir no horário nobre.

Mas, o que mais chamou sua atenção foi a polêmica sobre a anorexia alcoólica, eleita o merchandising social da trama. Segundo Maneco, esse drama atinge um número gigantesco de mulheres, entre 20 e 40 anos, que trocam uma alimentação adequada por álcool.

Para alavancar a audiência do horário nobre, o autor disse que usará ainda ingredientes explosivos, como a espiritualidade, que ganhou destaque em Páginas da Vida com a ‘fantasminha’ de Fernanda Vasconcellos, e a crise financeira mundial.

Mas, enfatiza: o que deve manter uma boa audiência é a história de amor de Helena, uma top model internacional que abandona a carreira ao se apaixonar por um homem bem mais velho, interpretado pelo galã José Mayer.

Comparativo mostra que Três Irmãs é a novela de pior audiência das 19h


A novela "Três Irmãs", de Antonio Calmon, chegou ao fim na última sexta (10/04) com a pior audiência do horário das 7. Os 180 capítulos da trama renderam à TV Globo uma média de 24 pontos, segundo dados do Ibope para a Grande São Paulo. Com este índice, "Três Irmãs" fica atrás de "Bang Bang", que até então, tinha o pior desempenho.

Veja a média geral das últimas novelas exibida na faixa das 19h:

Cobras & Lagartos – 39
Pé na Jaca – 30
Sete Pecados – 30
Beleza Pura – 28
Bang Bang – 27
Três Irmãs – 24

Desde que estreou a novela manteve baixos índices chegando, várias vezes, a marca de 19 pontos. O último capítulo marcou apenas 25 pontos.

Poder Paralelo estreia com 19 pontos no Rio de Janeiro


A estreia de Poder Paralelo garantiu excelentes índices de audiência para a Record no Rio de Janeiro. Exibida entre 22h29 e 23h36, a novela de Lauro César Muniz atingiu 19 pontos de média com picos de 21. A Record garantiu o segundo lugar isolado durante este período.

Audiência de terça (14/04)


Senhora do destino - 19

Malhação - 21

Paraíso - 23

Caras & bocas - 28

Caminho das Índias - 39

Toma lá, dá cá - 24

Promessas de amor - 9

Chamas da vida - 13

Pode paralelo - 13 (estreia) com 23% de share

Dona Beija - 4

A Grande Família volta ao ar HOJE com novo casamento para Nenê


A Grande Família está de volta e em grande estilo! A partir de HOJE, o humorístico volta à grade de programação da Rede Globo com um inusitado casamento. Depois de descobrir que o padre que celebrou sua união com Lineu (Marco Nanini) era falso, Nenê (Marieta Severo) quer se casar novamente com seu grande amor.

No episódio que abre a nona temporada da série, Lineu (Marco Nanini) reluta um pouco com a ideia da festa, pois acha que será um desperdício de dinheiro, mas a esposa o convence a participar de uma nova cerimônia, trinta anos depois.

- Este novo casamento é uma espécie de volta às origens, retomamos o nosso olhar para os conflitos de dentro desta família - conta o autor Bernardo Guilherme.

Enquanto Nenê (Marieta Severo) planeja o evento e Lineu (Marco Nanini) se preocupa com os gastos da festa, Agostinho (Pedro Cardoso) aproveita a oportunidade para lucrar. Com a ajuda de Paulão (Evandro Mesquita), ele organiza uma despedida de solteiro para o sogro e vende ingressos para a ocasião. Tudo isso porque Bebel (Guta Stresser) descobre que o marido era comprometido quando a conheceu. Para provar seu amor por ela, a manicure pede que Agostinho (Pedro Cardoso) lhe dê um anel de noivado. O taxista, quebrado, arranja mil confusões para conseguir a quantia necessária para comprar a joia.

Além de voltar o foco para dentro da família, em 2009, A Grande Família ainda traz muitas novidades no figurino dos personagens. Os looks, assinados por Cao Albuquerque, ganham toques especiais e personalizados. Uma bela maneira de comemorar a longevidade da série.

- Nosso programa esse ano ultrapassará 300 episódios. Uma marca impressionante. Ficamos orgulhosos de fazer há nove anos esse retrato engraçado e carinhoso da família brasileira - diz o diretor Maurício Farias.

A Rede Globo exibe A Grande Família todas as quintas, logo após a novela das oito, Caminho das Índias.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Estréia hoje na Record às 22h15

Globo veicula anúncio para nova série Força Tarefa


A partir desta quinta-feira (16), a TV Globo veicula nos principais jornais do Brasil o anúncio da série ‘Força Tarefa’. A peça marcará o início do programa que estreia no mesmo dia, após ‘A Grande Família’, e traz os atores Murilo Benício, Milton Gonçalves, Juliana Cazarre, Henrique Neves, Rodrigo Einsfeld, Osvaldo Baraúna e Hermilla Guedes. O texto fala sobre justiça: “Nada os impede de ir em busca da lei”.

A série mostrará o dia-a-dia de uma equipe de policiais que tem como tarefa primordial a investigação dos desvios de conduta da própria instituição. Escrita por Fernando Bonassi e Marçal Aquino, com direção geral de José Alvarenga Jr. e direção de Mário Márcio Bandarra, o programa traz um time de sete policiais que utilizam a inteligência acima da força para desvendar crimes cometidos por aqueles que um dia juraram fazer cumprir as leis.

Globo pretere o riso e investe no drama


Depois de selecionar roteiristas para conduzir a primeira temporada de "Aline", especial exibido em dezembro com Maria Flor, Pedro Neschling e Bernardo Marinho, a Globo já não garante sua exibição no segundo semestre. Informa-se, a tendência, agora, é apostar em séries dramáticas, como "Força Tarefa" e "Tudo Novo de Novo", e dar uma pausa no gênero comédia.

Mas vale avisar que os seriados "Toma lá, Dá cá" e "A Grande Família" não correm riscos, porque são formatos já consagrados e com funções bem definidas na programação.

A Globo pretende apostar no campo dramático, porque considera que as incursões no humor - e foram várias nos últimos tempos - não deram certo. Mesmo testadas a exaustão, os resultados foram bem insatisfatórios.

Entre os lançamentos apresentados, há um bom destaque em "Tudo Novo de Novo", sobre relacionamentos familiares, mas que não traz tanta novidade assim. O tema já foi esmiuçado pelas novelas da própria Globo e dificilmente passará de uma primeira temporada.

Quanto ao "Força Tarefa", a história é outra. Este, sim, dá toda pinta de uma longa trajetória, entre outras razões, porque investe no diferente. Não existe, no gênero, um histórico dentro da emissora. Tem boas possibilidades de seguir em frente.

Últimos capítulos de Chamas da Vida encontram dificuldades em audiência


Os momentos finais de 'Chamas da Vida' está agradando o público, porém não amplia os índices da emissora. Uma das causas dessa 'baixa' é receber o horário com pouca audiência da novela Promessas de Amor.

Nesta segunda-feira o fato se repetiu. A trama de Cristianne Fridman registrou apenas 14,5 pontos de média exibida das 21:59 às 23:03, com dois breaks e mais de 50 minutos de arte... O capítulo contou com o desfecho do assalto da gangue do ferro-velho e a morte de um de seus integrantes!

Mesmo batendo de frente com 'Caminho das Índias' por mais de 15 minutos e enfrentando a volta da Tela Quente às segundas-feiras, a novela registrou 18 pontos de pico e manteve-se com mais de 15 pontos a partir das 22:15.

A partir de hoje 'Chamas da Vida' passa a concorrer na íntegra contra Caminho das Índias estando prevista para ir ao ar das 21:45 às 22:15.

Audiência de segunda (13/04)


Video show (ao vivo) - 16

Senhora do destino - 21

Malhação - 24

Paraíso - 25

Caras & bocas - 33

Caminho das Índias - 42

Revelação - 4

Dona Beija - 3

Chamas da vida - 16

Promessas de amor - 11

A lei e o crime - 12

Toma Lá Dá Cá reestreia hoje na tela da Globo


Nesta terça-feira (14) reestreia o Toma Lá Dá Cá, na Globo. Na terceira temporada, os moradores do condomínio Jambalaya são obrigados a mudar a rotina, para enfrentar a crise financeira.

Arnaldo (Diogo Vilela) perdeu seu consultório dentário, e passa a atender os clientes na sala de casa. E como se não bastasse, ele e a síndica, D. Álvara (Stella Miranda), criam um plano para os moradores do lugar, chamando-o de Odontojamba.

Mário Jorge (Miguel Falabella) é obrigado a buscar trabalhos alternativos e se torna mestre de obras do condomínio. O Matagal também se transforma. D. Álvara demarca territórios no Matagal e começa a vender. Uma favela começa a crescer do lado do condomínio, e os moradores reclamam. Mas, a síndica começa a fazer campanha para Isadora (Fernanda Souza) com os novos moradores, para que a moça assuma seu cargo.

Toma Lá Dá Cá vai ao ar às terças-feiras, logo após Casseta & Planeta, Urgente!.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

SESSÃO BEIJO: Bang Bang

Márcio Garcia estaria insatisfeito com mudanças de Caminho das Índias


Embora seja protagonista de Caminho das Índias, Márcio Garcia estaria incomodado com o rumo que seu personagem tomou nas últimas semanas.

Longe dos núcleos indianos e carioca há algumas semanas, o intérprete do protagonista da trama teria se chateado e chegado ao ponto de pedir mudanças à direção global, segundo publicação do jornal Extra.

No que depender de Márcio, o romance de Bahuan e Maya – interpretada por Juliana Paes – continuaria vivo mesmo através de sonhos e pensamentos. O recurso usado seria o flashback, o que impediria que o público se esquecesse do indiano intocável. Hoje, a torcida dos telespectadores de um final feliz entre a bela indiana e Raj, de Rodrigo Lombardi, é muito mais alta devido ao rumo que a novela tomou.

Apesar de achar incomum passar alguns dias sem gravar mesmo sendo protagonista da novela de maior audiência do país, Márcio Garcia vem se demonstrando mais feliz nos últimos dias, quando recebeu o texto e notou que seu personagem voltará a ter espaço. Bahuan irá se mudar para o Brasil, onde terá um novo amor e irá se associar a Cadore, que estará com grandes dificuldades financeiras após o rombo deixado por Raul, de Alexandre Borges.

Em 2011: Wagner Moura é protagonista da próxima novela de Gilberto Braga


Empolgado com o sucesso do espetáculo Hamlet, em cartaz no Rio de Janeiro, Wagner Moura negou vários papéis na tevê. Entre eles, o personagem Bahuan, interpretado por Márcio Garcia, em Caminho das Índias, novela de Glória Perez.

Na última semana, porém, o ator recebeu uma ligação de Gilberto Braga, que o convidou para protagonizar sua próxima trama. Moura, que não tem contrato com a Globo, nem com outra emissora, topou voltar ao horário nobre em 2011. Ele deve formar par romântico com Deborah Secco.

Segundo Rafael Barcelos, assessor de imprensa do ator, até o final deste ano Wagner não quer assumir outros compromissos profissionais.

“Ele planeja se manter focado na peça e, no próximo ano, deve participar de longas que já está negociando. O convite do Gilberto foi perfeito. O Wagner queria muito repetir a parceria com ele e adorou a ideia de só começar a gravar em 2011”, conta Barcelos.

Record vai aos cinemas para lançamento de Poder Paralelo


Para anunciar a nova novela da Rede Record "Poder Paralelo", a Babel - agência de Julio Anguita, Ricardo Chester e Reginaldo Ferrante, inovou no formato. Além de chamadas na emissora, anúncios em revistas e em jornais, a mais nova superprodução da emissora também será divulgada no cinema.

Segundo o sócio e diretor de criação da Babel, Ricardo Chester, a idéia foi divulgar a novela em uma mídia diferenciada. “As cenas são bem impressionantes. E ficaram perfeitas quando editadas no formato de trailer de filme". A peça tem 90 segundos de duração e será veiculada em salas do Cinemark no Rio de Janeiro.

Produzida no Recnov - centro de produção de novelas - "Poder Paralelo" abordará a atuação da máfia siciliana no Brasil e estréia nacionalmente na próxima terça-feira (14/04). A obra foi escrita por Lauro César Muniz e é dirigida por Ignácio Coqueiro.

Vídeo Show ao vivo crava 16 de média e Senhora do Destino 21 pontos, nesta segunda


Hoje o Vídeo Show estreou seu novo formato, ao vivo, com novo cenário e com quatro apresentadores (André Marques, Luigi Barricelli, Fiorella Matheis e Ana Furtado).

A atração começou mostrando os bastidores em tempo real da Globo, além de entrevista ao vivo com Ana Maria Braga direto do novo cenário do Mais Você; entrevista com o diretor de Caras & Bocas, Jorge Fernando; e bastidores das gravações da novela na África do Sul.

O Vídeo Game também veio com formato novo, agora com anônimos disputando prêmios reais.

Exibido das 13h46 às 14h38, a atração atingiu 16 pontos de média, contra 7 da Record e 5,5 do SBT.

Logo depois, a novela Senhora do Destino também foi muito bem na audiência, impulsionada pelos índices recebidos do Vídeo Show. exibido das 14h38 às 15h59, a trama atingiu média de 21 pontos, contra 5 da Record; 4 do SBT; e 3 da Band.

Vale lembrar que estes são índices prévios, com medição na Grande SP.

Audiência do feriadão


Malhação - 17 (quinta) e 16 (sexta)

Paraíso - 20 (quinta e sexta) e 21 (sábado)

Três irmãs - 25 (quinta e sexta) e 21 (sábado, reprise)

Caminho das Índias - 33 (quinta), 31 (sexta) e 32 (sábado)

SESSÃO ABERTURA: Um anjo caiu do céu

Caras e Bocas estreia com 33 pontos de audiência


A estreia de “Caras & Bocas”, nova novela das 7, superou a expectativa. A trama assinada por Walcyr Carrasco registrou uma média de 33 pontos com pico de 36, segundo os números prévios do Ibope para a Grande São Paulo.

O autor Walcyr Carrasco foi buscar na elegância das galerias de arte paulistanas o cenário especial para desenvolver a história romântica de Dafne (Flávia Alessandra) e Gabriel (Malvino Salvador), protagonistas de Caras & Bocas, nova novela das 19 horas da Globo, que estreia hoje. É uma história sobre como o amor pode resistir às reviravoltas caprichosas da vida, ainda que os apaixonados em questão sejam absurdamente diferentes - rica, pobre; refinada, machão; galerista, pasteleiro.

Destaque para Malvino Salvador, que faz o primeiro protagonista da carreira. O Gabriel é aparentemente um machão, mas que convive com a frustração de ter guardado o sonho de estudar artes plásticas numa caixinha, para poder sustentar a família?, explica o autor.

Gabriel foi para Londres com uma bolsa de estudos em 1993, mas teve de retornar ao Brasil por causa da morte do pai. Assumiu o bar da família na Lapa e virou um charmoso pasteleiro. Em 93, ficou também enterrado o namoro com Dafne, com quem ele teve uma filha - Bianca (Isabelle Drummond) - sem saber. A novela fala das relações familiares com muito humor?, observa Malvino. A Bianca sempre quis encontrar o pai, mas quando encontra - surpresa -, ele é um pasteleiro. Não é bem quem ela esperava. A relação dois se desenvolve de um jeito muito bacana.

Band reativará teledramaturgia em 2010


Longe da dramaturgia desde o fim da mal-sucedida Água na Boca, em dezembro de 2008, a Bandeirantes promete reativar o núcleo a partir do ano que vem.

Segundo a coluna Controle Remoto, a ideia da emissora é investir em minisséries. Entretanto o modelo de gestão deverá ser diferente do que é visto na Globo, afinal a ideia é coproduzir. Dessa forma, os custos se tornam menores e a produção tende a ser mais sofisticada.

O Poder da Máfia chega nesta terça na Record!


Não bastasse uma novidade atrás da outra vindo pela Globo, a Record entra na onda, e lança uma novela mais que ousada. Uma trama que envolverá ao mesmo tempo máfia e violência, junto com o narcotráfico, de proporções internacionais, mas moderados. PODER PARALELO mostrará tudo isso. É mais uma novela quente de Lauro César Muniz. E tudo pode acontecer. Começamos, por exemplo, a não saber se o protagonista é mocinho ou vilão. Estreia nesta terça, mais ação, mais luta, e novos fenômenos recordianos. Você não perde por esperar!

HISTÓRIA

Em Palermo, Itália, Tony Castellamare é um mafioso que escapa da morte encomendada por um mafioso no Brasil. Sua mulher e filha, porém, não tem a mesma sorte, e acabam morrendo nesta explosão. Ele jura, então, vingança e vem para cá, onde sua história se cruza com a de Teo, delegado da Polícia Federal, que investiga a ligação entre mafiosos, traficantes e políticos corruptos.

PERSONAGENS PRINCIPAIS

Tony Castellamare será vivido por Gabriel Braga Nunes, que volta a protagonizar uma novela de Lauro César Muniz (o mesmo ocorreu em Cidadão Brasileiro). É um homem inteligente, sofisticado e sedutor. Após escapar do atentado e voltar para o Brasil, ele irá trabalhar com exportação. É filho de um ex-mafioso italiano. Irá confudir o público, que não saberá se ele é do bem ou do mal.

Miriam Freeland é a protagonista feminina, vivendo a jornalista Lígia. Viajando à Itália a passeio, tentará descobrir detalhes de um crime para uma reportagem sobre a máfia italiana. Viverá conflitos éticos ao se apaixonar por Tony.

Um loiríssimo Petrônio Gontijo viverá o irmão de Tony, Rudi. É a ovelha negra da família. De usuário de drogas a traficante, Rudi usa a boate do irmão como ponto de venda. Tem problemas com os pais e se sente ofuscado pelo caçula.

Marcelo Serrado, depois de fazer sucesso em Vidas Opostas, volta a viver um personagem linha-dura. Trata-se de Bruno, um empresário interesseiro que subiu na vida às custas da mulher, Maura (Adriana Garambone), que vem de uma família rica e poderosa. Além de agredí-la fisicamente, ele ainda tem um caso com Fernanda.

Paloma Duarte viverá a amante de Bruno, Fernanda. Uma atriz famosa e talentosa, mantém esse caso amoroso há anos. Bonita e cheia de vida, acredita nas promessas do empresário. Entre outras coisas, ele diz que irá construir um teatro para ela. O que não parece verdade.

Tuca Andrada faz o papel de Teo, o delegado da Polícia Federal. Série e competente, seu principal objetivo na novela será desvendar a complicada rede de narcotráfico entre Brasil e Itália. Seu principal alvo será Tony Castellamare.

Karen Junqueira dá vida à Gigi, uma jovem determinada, que está no auge do sucesso como modelo. É uma caçadora nata, que consegue tudo o que quer. Vai se envolver com Dog (Miguel Thiré, filho de Cecil, que fará Armando, o sogro de Bruno), namorado de sua melhor amiga, Luísa (Fernanda Nobre).



DETALHES

Poder Paralelo é uma junção de duas histórias. A do livro Honra ou Vendetta (a última palavra era um título provisório da trama, muito criticicado por executivos da Record), de Silvio Lancelotti, com outra de Lauro César Muniz, que estava na gaveta há algum tempo. O personagem principal deste conto é exatamente igual à Tony.
As mulheres também ganharão importância na trama. Declarando-se um autor que detesta mocinhas chatas, Muniz promete trazer personagens femininas interessantes. Miriam Frelland, Paloma Duarte e Karen Junqueira são os melhores exemplos representados em seus personagens, recitados acima.

Poder Paralelo tem a missão de superar a já consolidada audiência de Chamas da Vida, justamente, dividindo-se em ambas ao horário de exibição, durante as duas primeiras semanas da nova trama. Chamas terminará em 28 de abril, e oscila consideravelmente em médias entre 14 e 15 pontos em São Paulo. A novela fez o maior sucesso em Fortaleza, chegando inúmeras vezes na casa dos 30 pontos e liderando a audiência. No Rio de Janeiro, os picos de 29 eram frequentes.

Corrupção, vingança e dualidade do ser humano, entre muitos outros temas centrais. Esses são mais alguns aperitivos interessantíssimos e indispensáveis. Os elementos certos e poéticos se acrescentam, misturadamente, em Poder Paralelo, a nova novela da Record. Nesta terça-feira, a máfia vai invadir a sua casa. Vai mesmo? Veremos...

domingo, 12 de abril de 2009

ENTREVISTA: Caras & Bocas - Flávia Alessandra

ESPECIAL: Caras & Bocas


Caras & Bocas, próxima novela das sete que estreia no dia 13 de abril, é ambientada na cidade de São Paulo. A trama é contemporânea e gira em torno do amor entre Dafne (Flávia Alessandra) e Gabriel (Malvino Salvador), duas pessoas de gênios fortes e classes sociais diferentes, mas capazes de se apaixonar profundamente. Com direção de núcleo de Jorge Fernando, a história será contada com muito humor e, principalmente, simplicidade.


A trama começa em 1993, com o namoro de Dafne e Gabriel, que se conheceram em um curso de pintura. Apesar de apaixonado, o casal vive em conflito. Ele é um machão e ela, uma mulher moderna. O interesse pela arte é um dos poucos pontos que têm em comum. Gabriel é sensível e um pintor talentoso e, apesar de ter poucos recursos financeiros, consegue estudar, pois é bolsista; Dafne, a rica neta de Jacques, dono da empresa de extração de diamantes Conti, não tem muito talento com os pincéis, mas sabe apreciar arte e sonha em abrir sua própria galeria.

Desconfiado de que a neta possa estar sendo enganada por um interesseiro, Jacques, que criou Dafne desde que ela perdeu os pais na infância, decide separá-los. Ajudado por Léa, que até então é sua esposa, consegue que Gabriel aceite uma bolsa de estudos em Londres. Contudo, ao descobrir que a neta está grávida, o empresário tenta, sem sucesso, desfazer a armação para transformar Gabriel no futuro administrador de sua empresa. Quem impede é Judith, filha de Léa e enteada de Jacques. Gabriel vai para o exterior sem saber que Dafne está grávida e acredita que a namorada o trocou por outro, enquanto ela tem certeza de que foi abandonada pelo namorado, que não quis assumir a filha.

Ainda no primeiro capítulo da novela, que retrata toda essa primeira fase, há uma passagem de tempo em que nos leva aos dias atuais. Bianca está em viagem com o bisavô Jacques pela África do Sul. Lá, ela conhece uma das minas de diamante da Conti e passeia pelas reservas naturais do país. Ao ver os animais vivendo em grupo, com suas famílias, a adolescente conta para o avô o quanto sofre por não ter um pai e uma família estruturada. Arrependido do que fez anos atrás para separar seus pais, Jacques se sente responsável pela solidão da neta e tristeza da bisneta que tanto ama e promete à Bianca que arrumará um meio de casar Dafne.

Quinze anos depois de sua grande decepção amorosa, Dafne é uma mulher firme e realizada profissionalmente, é dona de uma galeria de arte no bairro Jardins, na capital paulista. Porém, é solitária.

Além de se preocupar com a felicidade de Dafne e Bianca, Jacques teme que Dafne não saiba como conduzir sozinha os negócios que um dia vai herdar. O empresário se empenha, então, em aproximar a neta de Vicente (Henri Castelli), um jovem advogado de sua inteira confiança e filho de um grande amigo, Frederico (Fulvio Stefanini). Vicente é apaixonado por Dafne desde pequeno, mas é muito tímido e desajeitado e nunca teve coragem de se declarar. Com o apoio do Jacques, isso muda e ele começa a estar mais próximo, mesmo que implique em passar por situações delicadas, como fazer um safári de balão, apesar de seu medo de altura. Suas atitudes, ainda que extremamente atrapalhadas, são sempre para defender Dafne e proteger a empresa.


As reviravoltas na vida de Gabriel

Longe do requinte dos Jardins, Gabriel (Malvino Salvador) é dono de um bar na Lapa, mesmo bairro onde mora. Sem suspeitar de que tenha uma filha adolescente, ele trabalha duro para sustentar a família: sua mãe Socorro (Elizabeth Savala); sua irmã Anita (Danieli Haloten), que é cega; e a tia Piedade (Bete Mendes), que vive com eles. Gabriel precisou assumir o pequeno negócio da família quando ainda estudava artes em Londres. Assim que seu pai faleceu, o jovem se viu na obrigação de retornar ao Brasil. Nesses anos, ele teve algumas namoradas, mas nunca quis saber de casar. É noivo da mimada Laís (Fernanda Machado), entretanto, está sempre fugindo das cobranças dela que quer marcar logo a data do casamento. Alega que não pode desamparar sua família e não teria condições de arcar com os custos de duas casas. Apesar de não assumir, Gabriel nunca se recompôs completamente do rompimento com Dafne.


A explosão da mina de diamante

Jacques sabe que, apesar de todos seus conselhos para que Dafne refaça sua vida constituindo uma família como quer Bianca, sua neta nunca lhe dará ouvidos. O milionário decide, então, mudar o estatuto da empresa Conti determinando que só uma pessoa casada poderá exercer o cargo de presidente. Desta forma, apesar de Dafne ser sua herdeira majoritária, como determina a lei brasileira, ela só poderá assumir a empresa ao se casar. Como já tem uma idade avançada, Jacques se preocupa com o dia em que venha a faltar para sua família e realmente acredita que isso é o melhor que pode fazer pelas duas. Junto de seu testamento, Jacques deixa uma gravação explicando à neta a mudança no estatuto da empresa e suas razões para ter feito isso.

Pouco tempo depois, Jacques é surpreendido por uma explosão acidental na mina de diamante que a Conti tem na África do Sul. A fatalidade, entretanto, teve a participação de Judith (Deborah Evelyn), ex-enteada de Jacques, que se separou da mãe dela, Léa (Maria Zilda Bethlem), ao flagrá-la com o personal trainer. Como é uma das diretoras da empresa, Judith está na sede africana da Conti, para participar da convenção internacional da empresa. A vilã é alertada por um funcionário a evacuar a mina pois há um vazamento de gás e ela se compromete a avisar a Jacques que está visitando o local com outros diretores, acompanhado de Vicente.

Apesar de o milionário ter feito em sigilo a cláusula obrigando que a pessoa responsável pela direção geral da empresa seja casada, Judith teve acesso a essa informação e vê no vazamento de gás a ocasião perfeita para acabar de uma só vez com as vidas de Jacques e Vicente, já que teme que o jovem advogado consiga conquistar Dafne. Poucos dias antes, a vilã já tentara acabar com a vida de todos, sabotando o carro em que Dafne, Bianca, Vicente e Jacques faziam um safári. O grupo enfrentou situações perigosas, como o encontro com um leão, mas conseguiu se salvar. Na explosão da mina, no entanto, só Vicente é resgatado do local com vida e, entre os restos carbonizados, Jacques é dado como morto.

Dafne, que ainda criança perdeu os pais em um misterioso acidente também em uma mina na África do Sul, sofre muito. De volta a São Paulo, durante a leitura do testamento, ela toma conhecimento da condição imposta por Jacques e não se conforma com a interferência do avô em sua vida mesmo depois de morto. A dona da galeria não aceita se curvar a tal imposição e Judith assume a presidência da empresa interinamente, enquanto Dafne tenta reverter a situação judicialmente. Quem não gosta nada da nova vida com algumas privações é Bianca, uma adolescente muito esperta e querida, mas um tanto materialista. Ao perceber que a mãe não se deixa conquistar por nenhum homem, ela resolve procurar o único homem por quem Dafne foi apaixonada: o pai que ela não conhece.

O reencontro

Com a ajuda do amigo Felipe (Miguel Rômulo), que é filho da governanta da família (Dhu Moraes), Bianca parte em busca de Gabriel.A adolescente, no entanto, se decepciona ao descobrir que o pai, que ela imaginava ser um rico e bem-sucedido artista plástico, é na verdade dono de um bar na Lapa. Gabriel, que jamais soube da gravidez de Dafne, fica um tanto desnorteado ao descobrir que tem uma filha adolescente. E Dafne, que ainda guarda muita mágoa pelo suposto abandono, se vê obrigada a revelar para filha que Gabriel nunca quis saber dela. Mesmo consciente do sofrimento que causará a Bianca ao revelar a rejeição sobre a qual nunca haviam conversado, Dafne acredita que essa é melhor forma de protegê-la.

No reencontro de Dafne e Gabriel, o amor, que por tantos anos esteve sufocado por mágoas, desencontros e armações, é aparente, mas contrasta com brigas e confusões, já que, com a maturidade, o temperamento dos dois parece até mais forte do que quando se conheceram. Judith não se arrisca a perder a direção da Conti e se alia a Laís, noiva de Gabriel, tramando para que o dono do bar e Dafne jamais se entendam.


As buscas de Simone e o macaco pintor

Sócia de Dafne na galeria de arte, Simone (Ingrid Guimarães) tem dois grandes objetivos na vida: encontrar artistas plásticos de vanguarda, que revolucionem o conceito do que é arte, e encontrar um grande amor. Descolada, ela costuma frequentar salas de bate-papo na internet para encontrar sua metade da laranja, mas só o que consegue é escorregar em cascas de banana. Ao se apaixonar por Edgar (Júlio Rocha), um mau caráter aliado de Judith, Simone o levará para trabalhar na galeria, de onde desviará muito dinheiro.

Já em sua busca por um novo talento que agite o mercado das artes de vanguarda, é Denis (Marcos Pasquim) quem vai cruzar seu caminho. Pintor de paisagens tradicionais, ele vende seus quadros em uma feira de praça e sabe que não há espaço para seu trabalho em uma galeria com o perfil como a da Dafne e Simone. Mas, por teimosia do filho Espeto (David Lucas), que vai perturbar Simone até convencê-la a conhecer as obras do pai, Denis finalmente tem uma grande oportunidade.

Ele se anima e pega dinheiro emprestado com o primo Gabriel para comprar tintas e pintar mais quadros até a visita de Simone ao ateliê. No tão esperado dia, porém, poucos minutos antes da sócia da galeria chegar, o pintor se surpreende ao ver todas suas obras desfiguradas, com borrões de tinta por todos os lados. Sem seu conhecimento, Espeto estava abrigando, há alguns dias, o chimpanzé Xico, que apareceu na casa deles por acaso desde que fugiu de um circo onde sofria maus tratos.

Assim que Simone chega ao ateliê, Denis tem o impulso de se desculpar pelo ocorrido, mas se surpreende quando a sócia da galeria começa a enaltecê-lo, completamente encantada pelas telas. Mais tarde, cansado da vida difícil que leva com o filho, o pintor decide aceitar o contrato para expor suas supostas obras, mas se sente incomodado por ter que esconder que, na verdade, o autor das telas é o chimpanzé. Para piorar seu dilema, Denis se apaixona por Simone e resolve revelar toda a história. Porém, muda de idéia ao ver a exposição de esculturas em chocolate que a galeria está promovendo. O mesmo preconceito que Simone tem com o tipo de pintura de Denis, que ela considera “menor”, ele tem na mão inversa: não consegue compreender a badalação em torno de iniciativas experimentais e de vanguarda, as quais não considera arte.

Judeus ortodoxos

Na vizinhança da galeria está a joalheria de Benjamin (Sidney Sampaio), filho único de uma família de judeus ortodoxos. Seu pai, o rabino Mendel (Jaime Leibovitch), e sua mãe, Ester (Ana Lúcia Torre), o criaram rigorosamente dentro das tradições, mas Benjamin começa a se rebelar, por querer viver sua juventude. Além de sair muito à noite, ele se aproxima de Tatiana (Rachel Ripani), secretária da galeria de arte, que tem dificuldade de compreender costumes tão diferentes dos seus.

Preocupada com o filho, Ester traz de Israel Raquel (Julia Lund), uma judia ortodoxa que segue à risca os preceitos da religião, com o intuito de casá-los. Radical, a jovem evita qualquer contato físico antes do casamento. Benjamin, que apesar da educação rígida é mais liberal por ter crescido no Brasil, estranha o comportamento da noiva que, sob seu ponto de vista, é excessivamente puritano.

O folgado

A família dos baianos Fabiano (Fábio Lago) e Ivonete (Suzana Pires) promete boas gargalhadas. Os dois deixaram o Nordeste para ganhar a vida na capital paulista, onde vivem com seus filhos, Vanessa (Sophie Charlotte) e Valdemir (Gabriel Kaufmann). Fabiano é ajudante no bar de Gabriel e seu maior amigo, Ivonete é dona de casa. Os dias de paz nessa família tipicamente brasileira, no entanto, se tornam cada vez mais raros com a chegada de Adenor (Otaviano Costa), irmão de Ivonete.

O cunhado não quer saber de trabalhar e vive arranjando desculpas para justificar o fato de não conseguir emprego. Ivonete sempre o defende das prensas do marido e, enquanto isso, o malandro continua pegando o dinheiro da família “emprestado” para financiar sua eterna busca por trabalho. Mas será que ele é mesmo irmão da moça?

Walcyr Carrasco também vai desenvolver outras tramas como a da ONG de proteção a animais selvagens e a do relacionamento entre uma mulher mais velha, Léa, ex-mulher de Jacques, e André (Ricardo Duque), dono de um refinado restaurante que é mais jovem do que ela.

Dafne (Flávia Alessandra) – Bonita, sofisticada e rica, é dona de uma galeria de arte. Quando jovem, estudou artes plásticas e se apaixonou por Gabriel, um estudante bolsista. Ao descobrir que estava grávida, se decepcionou por achar que Gabriel a abandonou, por não querer se comprometer. Era apenas uma armação de seu avô Jaques (Ary Fontoura), criou sozinha sua filha, Bianca, e nunca mais quis saber de outro amor. Anos depois, reencontra Gabriel e viverá com ele uma relação tempestuosa.

Gabriel (Malvino Salvador) – Sensível, sonhou ser um grande pintor, mas abandonou tudo após a morte do pai, para cuidar de sua mãe, da irmã cega, da tia. Sedutor, teve alguns relacionamentos, mas não quer saber de casamento, embora seja noivo. Sempre acreditou que Dafne quis se livrar dele. Ao reencontrá-la, a acha fresca e fina demais.

Bianca (Isabelle Drummond) – Filha de Dafne e Gabriel, tem muita personalidade, é sensível, determinada e um pouco rebelde. Foi criada pela mãe. Vai procurar seu pai para tentar reaproximá-los. Bianca é, na verdade, um cupido interesseiro, já que Dafne só pode herdar a direção das empresas de Jacques se for casada. Com o tempo, Bianca vai começar a se sensibilizar com as qualidades do pai e abrir seu coração.

Jacques (Ary Fontoura) – Milionário dono da empresa de extração de diamantes Conti, ama a neta Dafne e a bisneta Bianca. Durante toda sua vida, teve o dinheiro como valor maior e lamenta não ter conseguido comprar a felicidade para seus familiares. Desaparece em um acidente de uma mina de diamante na África do Sul, no início da novela.

Léa (Maria Zilda Bethlem) – Ex-mulher de Jacques. É mãe de Judith (Deborah Evelyn) e Nicholas (Sérgio Marone), de seu primeiro casamento. Vaidosa e um pouco fútil, no passado, ajudou Jacques, na época seu marido, a separar Dafne e Gabriel. Vai se apaixonar por um rapaz mais jovem, André (Ricardo Duque).

Judith (Deborah Evelyn) – Vilã amarga, que sempre acha que a vida é contra ela. Filha de Léa, não se conforma com o fato de a mãe ter se separado de Jacques, perdendo o direito à herança. É a presidente da empresa de mineração Conti. Invejosa, durante toda a trama, tenta fazer “justiça”: o que sob seu ponto de vista significa tudo para ela e nada para os outros.

Pelópidas (Marcos Breda) – Marido de Judith, faz tudo o que ela quer. É subserviente e humilhado por ela.

Nicholas (Sérgio Marone) – Arrogante, narcisista e vaidoso, é filho de Léa e irmão de Judith. É praticamente um fantoche nas mãos da vilã. Tem a missão de conquistar Dafne, a mando da irmã.

Vicente (Henri Castelli) – Advogado, filho de Frederico (Fúlvio Stefanini). É apaixonado por Dafne, mas, tímido, nunca conseguiu se declarar. Talvez tivesse alguma chance se não fosse tão atrapalhado. Tem bom caráter e tenta proteger Dafne das maldades de Judith.

Frederico (Fulvio Stefanini) – Pai de Vicente. Simpático e bonachão, é advogado e colecionador de arte. É um grande amigo de Jacques e, depois da morte deste, será um fiel parceiro de Dafne. Fará de tudo para derrubar a cláusula testamentária que a impede de assumir as empresas caso não esteja casada. Vai se interessar por Socorro (Elizabeth Savala), mãe de Gabriel, com quem viverá um romance atrapalhado.

Simone (Ingrid Guimarães) – Amiga e sócia de Dafne na galeria de arte, é divertida e vive descobrindo novos artistas para realizar exposições. Vai se encantar com as obras de Denis (Marcos Pasquim), sem saber que de fato são pintadas por um chimpanzé. Sonha em viver um romance e não mede esforços para isso, recorrendo a salas de bate-papo na internet e sites de relacionamento.

Edgar (Julio Rocha) – Sedutor, simpático e desonesto, conhecerá Simone pela internet e iniciará um romance com ela, apenas por interesse. Há anos tem uma relação com Beth (Alice Assef), secretária de Judith. Pressionará Simone para trabalhar na galeria.

Tatiana (Rachel Ripani) – Bonita e sofisticada, é assessora de Dafne e Simone. É encantadora e vai se apaixonar Benjamin (Sidney Sampaio), um judeu ortodoxo. Terá dificuldade de entender as razões que impedem o rapaz de namorá-la.

Dirce (Dhu Moraes) – Boa conselheira, trabalha para a família de Dafne há muitos anos. É quem mais suspeita sobre a verdade dos fatos que provocaram o rompimento da relação de Dafne e Gabriel. Vai ajudá-la a descobrir muitas coisas. É mãe de Felipe e Milena.

Nélson (Ludoval Campos) – Marido de Dirce (Dhu Moraes). É motorista de Dafne e da galeria de arte. É pai de Felipe (Miguel Rômulo) e Milena (Sheron Menezes).

Felipe (Miguel Rômulo) – Filho de Dirce e Nélson (Ludoval Campos), é um adolescente moderno, mas um pouco tímido e desajeitado. É o melhor amigo de Bianca e nutre uma paixão secreta por ela. Muito esperto, vai ajudá-la a descobrir o paradeiro de seu pai, Gabriel.

Milena (Sheron Menezes) – Filha de Dirce e Nelson (Ludoval Campos). Bonita e íntegra, é recepcionista do sofisticado restaurante de André (Ricardo Duque). Batalhadora, vai se apaixonar por Caco (Rafael Zulu.

Rabino Mendel (Jaime Leibovitch) – Rabino ortodoxo muito sábio, aconselha a todos com a sabedoria da Cabala. É casado com Ester (Ana Lúcia Torre) e pai de Benjamin (Sidney Sampaio).

Ester (Ana Lúcia Torre) – Esposa de Mendel. Ortodoxa, sempre tem os cabelos escondidos e segue todos os preceitos do judaísmo mais tradicional. Preocupa-se ao ver o filho Benjamin (Sidney Sampaio) saindo à noite. Trará de Israel uma moça judia ortodoxa, filha de brasileiros radicados no país, que é noiva de Benjamin, apesar de eles ainda não se conhecerem.

Benjamin (Sidney Sampaio) – O joalheiro é filho do Rabino Mendel e Ester. Rebela-se contra as tradições da família, quer sair à noite e ter outros prazeres.

Raquel (Julia Lund) – Israelense, fala português com leve sotaque. Nunca mostra os cabelos diante de um homem, veste-se de preto como manda a tradição. Segue todos os ditames da ortodoxia e por isso não beija. Apaixona-se por Benjamin mas só o aceitará dentro dos princípios ortodoxos.

André (Ricardo Duque) – Rico colecionador de arte, dono de um sofisticado restaurante, ponto de encontro de vários personagens. Recebe os clientes pessoalmente. Vai se apaixonar por Léa.

Anselmo (Wagner Santisteban) – Garçom do restaurante de André. Se apaixona por Anita (Danieli Haloten). Com a ajuda da menina Ada (Amanda Azevedo), fingirá que não é um garçom, mas um rico frequentador do restaurante, pois tem vergonha de sua condição financeira.

Nereide (Hilda Rebello) – Funcionária do restaurante de André.

Samuel (Guilherme Duarte) – Funcionário do restaurante de André .

Socorro (Elizabeth Savala) – Mãe de Gabriel, é uma mulher do povo, um pouco dura, mas sentimental. É quem cozinha todos os pratos do bar da família e vive brigando com os que estão a sua volta. Sonha com a felicidade do filho e se apaixona pela neta recém encontrada. Quando Frederico (Fúlvio Stefanini) se aproxima com intenções românticas, cai na gargalhada.

Anita (Danieli Haloten) – Irmã de Gabriel. É cega e sonha com sua independência. Diante da excessiva proteção do irmão, sente-se um fardo por tê-lo afastado de seus sonhos. Gostaria de abandonar a bengala e ter um cão-guia, mas não tem como comprá-lo. Trabalha como florista num restaurante sofisticado e se apaixonará por um garçom que finge ser milionário, Anselmo.

Piedade (Bete Mendes) – Irmã de Socorro e mãe de Denis (Marcos Pasquim). Mora com a família da irmã e lamenta ver tão pouco o filho. Piedade é doce e ajuda a equilibrar as confusões.

Denis (Marcos Pasquim) – Filho de Piedade, primo de Gabriel, pouco vê a família. Cria o filho Espeto (David Lucas) sozinho desde que a mãe do menino foi morar no exterior. Pinta paisagens e vende seus quadros na feira da Praça da República. Vai até a galeria para tentar uma chance e se apaixona por Simone. Será lançado por ela como um grande pintor, sem que ela saiba que as obras, na verdade, foram pintadas por um chimpanzé.

Espeto (David Lucas) – Filho de Denis, é um pré-adolescente gentil, esperto e simpático, que ama os animais. Vive armando confusões para ajudar o pai e, no fundo, é mais sensato do que ele. Quando Denis se tornar famoso, Espeto ficará encarregado de produzir os quadros com o macaco e de proteger o segredo do pai.

Xico – Chimpanzé que foge de um circo em que sofria maus tratos. Chega por acaso à casa de Denis e é acolhido pelo menino Espeto. O macaco entra no ateliê do pintor e, literalmente, pinta o sete, justamente no dia em que Simone vai ao local para conhecer o trabalho do pintor. Desnorteado, ele se surpreende ao ver que ela fica encantada com as obras.

Laís (Fernanda Machado) – Mimada, fogosa e passional, é noiva de Gabriel e quer se casar a todo custo. Seu pai, Ernani (Roney Facchini), é dono do prédio onde está localizado o bar do noivo, fato que ela usa para fazer chantagem com o rapaz: convence o pai a ameaçá-lo de despejo se não se casar logo.

Isis (Carina Porto) – Irmã de Laís. Suave e delicada, já foi apaixonada por Denis, mas ele nunca ligou para ela. Gordinha, vive fazendo regime.

Tadeu (Alexandre Slavieiro) – Irmão de Laís e Ísis. É simpático e extrovertido. Fica um pouco impaciente com a irmã, mas costuma ficar na sua. Trabalha em uma lan house no bairro dos Jardins.

Galeno (Pedro Garcia Netto) – Advogado e administrador, é apaixonado por Laís desde os tempos do segundo grau. Tenta conquistá-la de todas as maneiras, mas ela não corresponde.

Ernani (Roney Facchini) – Casado com Zoraide (Cristina Mutarelli) e pai de Laís e Ísis. É médico e dono de várias propriedades, inclusive o prédio onde está o bar de Gabriel. É louco pelas filhas.

Zoraide (Cristina Mutarelli) – Dona de casa, esposa de Ernani e mãe de Laís e Ísis. Também é passional e mima Laís, incentivando-a inclusive em suas armações.

Edineide (Sônia de Paula) – Empregada de Zoraide e cúmplice de Laís. É a típica leva-e-traz, vive buscando informações. Vai se apaixonar por Adenor (Otaviano Costa), cunhado de Fabiano (Fábio Lago).

Fabiano (Fábio Lago) – Baiano, ajudante de Gabriel e seu maior amigo. Engraçado, divertido, às vezes irrita o patrão. Adora a família, mas vive às turras com o cunhado Adenor (Otaviano Costa) que nunca dá certo em emprego algum.

Ivonete (Suzana Pires) – Dona de casa, mulher de Fabiano. Adora os filhos e vive em guerra com o marido por causa de Adenor (Otaviano Costa), seu irmão caçula, que ela adora e de quem tudo perdoa.

Vanessa (Sophie Charlotte) – Filha de Fabiano e Ivonete. É vaidosa demais, gostaria que a família fosse rica e vive pedindo presentes caros para os pais.

Valdemir (Gabriel Kaufmann) – Filho caçula de Fabiano e Ivonete.

Adenor (Otaviano Costa) – Irmão caçula de Ivonete. Vem do nordeste para São Paulo, mas não quer saber de trabalhar. Enlouquece Fabiano dormindo até tarde, gastando dinheiro. Ivonete sempre o defende. É o eixo em torno do qual a casa vive em guerra.

Aluísio (Alexandre Moreno) – Veterinário cria uma ONG de proteção aos animais selvagens. Costuma levar para casa todos os cães que encontra abandonados na rua. É casado com Magaly (Thalma de Freitas).

Magaly (Thalma de Freitas) – Esposa de Aluisio, dirige a ONG de proteção aos animais. Também é louca por cães. É mãe de Manuela e Ada.

Ada (Amanda Azevedo) – Sensível e romântica, é a caçula de Aluísio e Magaly. Vai se tornar amiga de Anita (Danieli Haloten) e ajudá-la a vender flores nos restaurantes. É a principal incentivadora do romance entre a amiga e Anselmo.

Padre Guilherme (Joelson Medeiros) – É padre da paróquia que Gabriel frequenta. É muito amigo do rabino Mendel, com quem sempre se encontra e trava conversas sobre o ser humano.

Caco (Rafael Zulu) – Trabalha na África do Sul como ranger, guia que conduz os safáris, mas virá para o Brasil. É esportivo, cheio de vida e ajudará a ONG de proteção aos animais. Vai se apaixonar por Milena.

Beth (Alice Assef) – Secretária de Judith, ajuda a vilã em tudo que ela quer. Tem um caso antigo com Edgar (Júlio Rocha).

Josefa (Carmem Verônica) – É dona da pensão onde vive Anselmo.

Cléo (Renata Castro Barbosa) – Bonita e bem-humorada, é proprietária de uma lan house localizada nos Jardins, onde se reúnem os jovens da novela.

Poder Paralelo: Estréia nessa terça

Caras & Bocas: Gabriel luta para sustentar a mãe, a tia e a irmã


Sem suspeitar de que tenha uma filha adolescente, ele trabalha duro para sustentar a família: sua mãe Socorro, sua irmã Anita, que é cega, e a tia Piedade, que vive com eles.

Gabriel precisou assumir o pequeno negócio da família quando ainda estudava artes em Londres. Assim que seu pai faleceu, o jovem se viu na obrigação de retornar ao Brasil.

“Cuidei de vocês e me sinto em paz comigo mesmo. Mas abandonei meus sonhos. Não se culpe, dona Socorro, eram só sonhos”, ele desabafa com a mãe.

Nesses anos, ele teve algumas namoradas, mas nunca quis saber de casar.

É noivo da mimada Laís, entretanto, está sempre fugindo das cobranças dela que quer marcar logo a data do casamento.

Alega que não pode desamparar sua família – principalmente sua irmã Anita, a quem protege excessivamente porque é deficiente visual – e não teria condições de arcar com os custos de duas casas.

Apesar de não assumir, Gabriel nunca se recompôs completamente do rompimento com Dafne. Esse sentimento pode aflorar novamente a qualquer momento!

Cláudia Rodrigues não tem projetos na Globo


A atriz Cláudia Rodrigues continua vivendo uma situação desconfortável na Rede Globo. Segundo o colunista Flávio Ricco, da Tribuna da Imprensa, ainda não existe nenhuma perspectiva para sua volta à programação da emissora, exceto pela participação que terá no especial de 10 anos do humorístico Zorra Total. Todos os seus ex-companheiros no seriado A Diarista, descontinuado em 2007, foram engajados em outros programas e novelas do canal.

Marcílio Moraes alfineta a série Força Tarefa


O escritor Marcilio Moraes alfinetou o seriado Força Tarefa, que estreia no próximo dia 16. Em declaração à coluna Canal 1, assinada por Flávio Ricco, o autor de A Lei e o Crime falou sobre a nova aposta da Globo para as noites de quinta-feira. “Há anos que venho dizendo que a televisão brasileira tinha que procurar outros formatos, além da novela. Quando eu ainda estava na Globo, apresentei alguns projetos de seriados. Um deles tinha características policiais, com um promotor como protagonista. A direção da emissora não se interessou. Felizmente, a direção da Record teve visão mais ampla e ousadia, investindo na minha proposta de um seriado. O extraordinário sucesso de A Lei e o Crime provou que eu estava certo. A Globo agora se vê obrigada a correr atrás. Isso é muito bom. Sou favorável à concorrência e à diversificação. É óbvio que Força Tarefa é uma reação ao meu seriado. Todo mundo percebe isso. Vamos ver como eles vão se sair”. Protagonizado por Murilo Benício, o programa será levado ao ar após o humorístico A Grande Família.

Paraíso não terá longa duração na TV Globo


No ar há pouco menos de um mês, a novela Paraíso não ficará por muito tempo na programação da Globo. Segundo o colunista Flávio Ricco, da Tribuna da Imprensa, o folhetim de Benedito Ruy Barbosa terminará com um total de 143 capítulos. No entanto, isso não se trataria de um encurtamento da trama devido aos seus baixos índices, como aconteceu com sua antecessora, Negócio da China. A área de entretenimento da emissora afirma que essa duração já havia sido definida há bastante tempo. Responsável pela direção do setor, Manoel Martins lembra que o planejamento das novelas acontece com cerca de um ano de antecedência.

SESSÃO HUMOR: Viva o Gordo

Caminho das Índias: Shankar é pai de Opash


A convite da autora Glória Perez, Thiago Martins grava participação especial em Caminho das Índias. O ator, que trabalhou em "Desejo Proibido" e é integrante do grupo teatral Nós do Morro, fará Shankar quando jovem, personagem de Lima Duarte. Uma participação especial que promete. Glória Perez vai contar a história de amor de Shankar com a mãe de Opash (Tony Ramos). Isso mesmo: Opash é filho de Shankar com Laksmi (Laura Cardoso).

Essa passagem de época é uma das muitas novidades preparadas pela novelista para tentar elevar ainda mais os índices de audiência de "Caminho das Índias", uma vez que o triângulo formado por Juliana Paes, Marcio Garcia e Rodrigo Lombardi, como se nota, não funcionou.

Nas próximas horas, também deve ser divulgado o nome da atriz que contracenará com Thiago Martins.

Globo estreia nova programação na segunda-feira


A TV Globo anunciou nesta semana a nova grade de programação para 2009. Na linha de shows, no dia 16, estreia Força-Tarefa, uma série que mostra a rotina de uma equipe de policiais que investiga a própria corporação. Outra novidade é Tudo Novo de Novo, que entra no ar no dia 17. O programa apresenta o cotidiano da família contemporânea com todas as alegrias e problemas que ela tem. Nesta segunda, estreia a próxima novela das sete, Caras & Bocas, de autoria de Walcyr Carrasco.

Ao longo do ano, o telespectador pode contar com atrações como Decamerão: A Comédia do Sexo, especial de fim de ano que terá uma temporada em 2009 gravada em cidades da Serra. As novidades também estão presentes nos programas de linha com novos formatos, novos cenários e novos quadros, que marcam a volta das produções já conhecidas. Confira:

Caras & Bocas

Ambientada na cidade de São Paulo, a nova novela das sete gira em torno do amor entre Dafne (Flávia Alessandra) e Gabriel (Malvino Salvador), duas pessoas de gênios fortes e classes sociais diferentes, mas capazes de se apaixonar profundamente.

Toma Lá Dá Cá

Volta nesta terça. A principal novidade é Dra. Percy (Miguel Magno). Psicóloga de Adônis (Daniel Torres) há anos, ela começa a atender seus pacientes no parque aquático do condomínio e se envolve aos poucos com a história das famílias do 11º andar.

A Grande Família

Um inusitado casamento abre a nona temporada de A Grande Família no dia 16 de abril. Nenê (Marieta Severo) descobre que o padre que celebrou a união dela e Lineu (Marco Nanini) era falso e, inconformada, quer casar novamente com seu grande amor.


Tudo Novo de Novo

A partir do dia 17, o programa traz para a ficção a discussão sobre o atual desenho da família brasileira. Nos 12 episódios previstos para este ano, o envolvimento da arquiteta Clara (Júlia Lemmertz) com o engenheiro Miguel (Marco Ricca) em uma obra é o pano de fundo para contar essa história, repleta de construções e desconstruções, onde dúvidas, perspectivas, medos e alegrias são constantes para quem busca o "re-casamento".

Por Toda Minha Vida

O especial chega ao terceiro ano apresentando a trajetória de personalidades como Adoniran Barbosa, Cazuza, Cartola, Claudinho e Raul Seixas.

Decamerão

Inspirado no clássico do escritor italiano Giovanni Boccaccio, 'Decamerão _ A Comédia do Sexo' trará boas história, humor e poesia. Com texto de Jorge Furtado, Guel Arraes, Carlos Gerbase e Adriana Falcão, e direção de Furtado e Arraes, a série será gravada nas cidades de Farroupilha e Garibaldi, localizadas na Serra Gaúcha. Assim como o especial de fim de ano que foi ao ar em 2 de janeiro, o humor ousado da obra trará à tona histórias clássicas, como um amor não correspondido e um amor puro entre duas pessoas que desafia o tempo.

Som & Fúria

Com estreia em junho, o projeto é uma adaptação da série canadense Slings and Arrows, que retrata os bastidores de uma companhia de teatro que interpreta obras de Shakespeare.